DIADEMA: (11) 4056-8100 | MAUÁ: (11) 4513-7644 | SA - CAMPOS SALES: (11) 4316-8600
SBC - MEGA: (11) 4122-9700 | SBC - MATRIZ: (11) 4125-7380 | SBC - PALERMO: (11) 4129-1111
imagem banner cosb

UMA UNIDADE



Sempre perto de você!

COM VOCÊ



Em todas as etapas da vida...
faixa vermelha
laptop 2 via do boleto

IMPRIMA A 2º VIA DO SEU BOLETO AQUI!
Selecione onde foi atendido:
Palermo
Santo André
Mega Cosb
Mauá
Insira seu CPF:

DICAS DE SAÚDE BUCAL

seta cosbA saúde começa pela boca
Você já parou para pensar que todos os nutrientes que seu corpo precisa para sobreviver tem como porta de entrada a sua boca?

E que tudo que você come ou bebe se misturam aos microorganismos que se encontram em sua boca e vão direto para o estomago? Ou até mesmo na hora em que você não está comendo ou bebendo eles vão para lá através da saliva?

É certo que muitos microorganismos que existem em nosso corpo são benéficos, mas que em excesso nos causam prejuízos e não só ao meio bucal, como cáries e gengivite.

Portanto escovar os dentes sempre que se alimentar, passar o fio dental para limpar entre os dentes pelo menos uma vez ao dia (e de preferência antes de deitar porque é na hora que você está dormindo que eles fazem a festa), é imprescindível para sua saúde bucal e de todo o seu organismo.


seta cosbAntibióticos estragam os dentes?

Absolutamente Não. O que provoca cáries nos dentes são os açúcares, principalmente os provenientes da sacarose (cana de açúcar).

O açúcar é o alimento das bactérias que os ingeri e secretam ácidos que atacam o esmalte dos dentes.

A desmineralização do esmalte faz com que esses ácidos cheguem à dentina que já é uma parte inervada do dente, causando dor e aceleração do processo de cárie.

Se este processo carioso não for eliminado ele atinge a polpa do dente com danos irreversíveis sendo necessário então um tratamento endodôntico a fim de “matar o nervo” para acabar com a dor.

Então não devemos comer açúcar?

Esta é uma tarefa quase impossível, pois o açúcar está presente em vários alimentos industrializados, inclusive em muitos alimentos salgados.

O que fazer então?

A solução é escovar os dentes toda vez que ingerir qualquer alimento, seja ele doce ou salgado, para evitar a formação da placa bacteriana.


seta cosbCárie

CONSEQUÊNCIAS

  1.  Dor, edema (inchaço), mau hálito e alteração da oclusão (encaixe dos dentes);
  2.  Perda da forma (estética) e função (mastigação);
  3.  Necrose pulpar (mortificação) e a conseqüente necessidade de realização de tratamento de canal, havendo a possibilidade de formação local de pus, que pode disseminar-se para outras partes do organismo, provocando outras doenças;
  4.  Perda do elemento dental, se o tratamento de canal não for realizado rapidamente, pois além da progressão da infecção, haverá grande dissolução da estrutura do dente.

COMO PREVENIR

  1.  Manter A higiene bucal através da escovação, uso do fio dental e flúor;
  2.  Reduzir a ingestão de açúcares, inclusive nas mamadeiras, principalmente antes de dormir e entre as principais refeições;
  3.  Visitar o cirurgião dentista periodicamente.
seta cosbComo prevenir o câncer bucal?
  1. Não fumar .
  2. Evitar bebidas alcoólicas.
  3. Proteger-se dos raios solares.
  4. Eliminar traumas na boca (prótese mal adaptada, dentes tortos, cáries, restos dentários). Alimentação saudável.
  5. Consultar o dentista regularmente.
  6. Bebida em excesso e tabaco, quando associados aumentam em 30 vezes o risco da doença. No caso de câncer nos lábios, o principal fator é a exposição ao sol.

Como aparece?

Geralmente como uma úlcera (ferida ou afta) que de início não dói, mas não tem tendência de cicatrizar. Cresce continuamente. Também pode se apresentar com alterações de cor (manchas) e aumento de volume (caroços, carnes crescidas, bolinhas).

Como diagnosticar?

A forma mais eficiente para o diagnóstico precoce é o autoexame da boca. Detectada qualquer alteração, é fundamental procurar rapidamente o dentista.

seta cosbCuidados com os dentes das crianças

Atenção com o bebê: evite que o bebê use a chupeta ou sugue os dedos para não prejudicar o desenvolvimento dos dentes de leite e dos permanentes.

Cárie de mamadeira: é o nome que se dá às cáries causadas pelo açucar adicionado ao leite nas mamadeiras. Portanto sempre escove ou limpe com uma gaze os dentes do bebê após mamar.

Bebê com febre: pode ser que os dentes ao romper a gengiva provoquem infecção pelo acúmulo de bactérias. Escove ou esfregue a gengiva com uma gaze para evitar que isto aconteça.

A amamentação é importante para os dentes do bebê: a amamentação natural durante o primeiro ano de vida é fundamental. Além da importância afetiva e nutricional, o exercício muscular durante a sucção no seio favorece a respiração nasal e previne grande parte dos problemas de posicionamento incorreto dos dentes e das estruturas faciais.

Cáries: são causadas por açúcar. Evite que as crianças comam alimentos que grudam nos dentes fora de hora, sem a possibilidade de escova-los em seguida.

A primeira consulta ao dentista: a primeira consulta ao dentista deve acontecer por volta da erupção dos primeiros dentinhos de leite, ocasião em que os pais receberão orientações a respeito das causas da cárie, da alimentação, da limpeza dos dentes do bebê e do uso adequado do flúor. A educação em saúde assegura a chance de a criança crescer sem problemas bucais.

Chiclete faz mal aos dentes? É o açúcar que provoca cáries e o chiclete contém muito açúcar. Porém após algum tempo mascando o chiclete ajuda a limpar os dentes, eliminando assim seu efeito maléfico.

Antibióticos estragam os dentes? Absolutamente não. O que provoca cáries nos dentes são os açúcares, principalmente os provenientes da sacarose (cana de açúcar).

Quando começam nascer os dentes permanentes? Aproximadamente aos 6 anos de idade e deve-se dar muita importancia aos 1º molares que nascem no fundo da boca e sem que nenhum dente de leite “caia”, ocasionando assim confusão na sua identificação.

Qual a melhor idade para começar a usar aparelho? A melhor idade é entre 8 e 11 anos, isto é, antes da fase de crescimento puberal (puberdade), que vai aproximadamente dos 9 aos 12 anos nas meninas e 10 aos 13 nos meninos. Mas quando se percebe qualquer alteração na posição dos dentes, é importante consultar o dentista

seta cosbDente de leite

Os dentes de leite das crianças são muito importantes para o desenvolvimento dos dentes permanentes, portanto, higienize-os bem.

seta cosbDente Perdido

Se um dente for perdido, independente de ser um dente da frente ou do fundo da boca, deve ser reposto. Caso ele não seja reposto imediatamente, ocorrerão mudanças na posição dos outros dentes e consequente alteração da função mastigatória e da estabilidade da mordida ocasionando disturbios na ATM (Articulação Temporo Mandibular) como estalos e travamento da boca. Estes disturbios vão se intensificando e provocando dores musculares em toda a região desde as costas até a cabeça.

Atualmente existem muitas opções de tratamento para a perda de dentes, dentre elas a melhor opção sem duvida é o implante dentário que inclusive muitas vezes pode ser colocado no "buraco" da extração de um dente num mesmo ato cirurgico, substituindo-o assim imediatamente.

seta cosbDente quebrado ou arrancado (Trauma Dental)

DENTE QUEBRADO EM CRIANÇAS

Durante o período de férias, aumenta a incidência de crianças com dentes quebrados ou arrancados após uma batida na boca. Os traumas dentários são muito constantes durante a recreação, seja um pega-pega ou um jogo de futebol, por exemplo.

O COSB elaborou um passo a passo simples e fácil com sete recomendações básicas, caso você, um familiar ou vizinho enfrente uma situação dessas.

RECOMENDAÇÕES:

  1. Atenda a criança e tente acalmá-la.
  2. Recolha o dente do local do acidente.
  3. Sempre pegue o dente pela coroa, nunca pela raiz.
  4. Se estiver sujo, lave com soro fisiológico ou leite.
  5. Nunca lave o dente com antisséptico ou pasta de dente.
  6. Recoloque o dente em seu local de origem. Se não for possível, coloque-o debaixo da língua da própria criança ou dentro de um recipiente com leite ou soro fisiológico (nunca embrulhar num papel).
  7. Procure o dentista mais próximo.

RESUMO: Mantenha a calma, aja rapidamente, proteja o dente de forma adequada e vá até um profissional qualificado

seta cosbDente Sangra?

Não, o que sangra é a gengiva.

E porque ela sangra? Ela sangra porque fica inflamada pela não escovação.

Portanto aqui vai a dica: Escove sempre seus dentes e gengiva.

A gengiva deve ser escovada de forma leve, massageando-a por muitas vezes. Não tenha pressa em escovar seus dentes e gengiva.
Diz o ditado A PRESSA É INIMIGA DA PERFEIÇÃO

seta cosbDor de Cabeça, Zumbido e Cansaço? A culpa pode ser da mandíbula

Quase ninguém sabe que ela existe, mas na cabeça está uma das engrenagens mais ativas do organismo: a ATM, articulação temporomandibular. Além de conectar a mandíbula ao crânio, ela é responsável por todos os movimentos dos maxilares e da boca, incluindo mastigação, deglutição e fala.

Também poucas pessoas desconfiam que o desarranjo dessa engrenagem possa trazer tanto prejuízo ao organismo. Dores na face e nos maxilares, dificuldade ou cansaço para mastigar ou falar, ruídos ou estalos ao abrir e fechar a boca, travamento da abertura da boca, pressão atrás dos olhos, dor ou zumbido nos ouvidos, dor de cabeça, inchaço na lateral do rosto, problemas para dormir – todos esses sintomas apontam que há algo de errado com ela.

Ainda pouco conhecida, a disfunção da ATM – chamada de DTM (disfunção temporomandibular) – surge, na maioria das vezes, em decorrência do mau hábito de se pressionar, apertar ou travar os dentes. Além de forçar os músculos faciais, provocando dores, essa sobrecarga também pode afetar o disco articular (um tipo de almofada que alivia o atrito toda vez que se abre e fecha a boca), deixando-o mais fibroso e com mobilidade comprometida. A perda de dentes também contribui para essa sobrecarga.

Na maior parte dos casos, essa disfunção afeta pessoas de 30 a 50 anos, principalmente do sexo feminino. Para cada oito mulheres com esse problema, há dois homens na mesma situação.

Ainda não se sabe ao certo o porquê dessa prevalência entre as mulheres. Uma das hipóteses é a de que os hormônios e daí a menopausa, teriam algum papel no surgimento da DTM – porém, pesquisas ainda estão em andamento para comprovar tal relação.

Romaria pelo diagnóstico

Não é raro ouvir histórias de pacientes que perambularam por diversos consultórios, passando em neurologistas, otorrinos, cardiologistas, ortopedistas, reumatologistas, etc., para finalmente terem o problema decifrado na cadeira de um dentista. Há casos de doentes que tiveram que esperar por mais de duas décadas para receber o tratamento correto. A razão disso é uma só: diagnosticar a DTM está longe de ser uma tarefa simples.

Devido aos seus sintomas, ela pode facilmente ser confundida com outras doenças, como enxaqueca, otalgia (dores no ouvido), distúrbio do nervo trigêmeo (constituído pelo nervo maxilar, mandibular e oftálmico), e problemas oftalmológicos, em decorrência de dores ou pressão atrás dos olhos.

Alguns exames de imagem até podem ajudar a identificar o problema ou a descartar outros possíveis distúrbios, porém o diagnóstico é clínico: depende muito da perícia do profissional em examinar o paciente e avaliar as informações trazidas por ele a respeito dos seus sintomas, histórico de saúde, tipo de trabalho e estilo de vida.

Além disso, por muitos anos houve outro fator complicador: a falta de especialistas nessa área. A DTM é uma especialidade nova – ela só foi oficializada no Brasil como parte da odontologia em 2001. Antes, quem sofria desse mal não tinha um profissional certo a quem pudesse recorrer e era obrigado a enfrentar essa via sacra sem fim, que nem sempre chegava até o dentista.

De bilhetinhos à terapia

Na grande maioria das vezes, o problema da DTM pode ser resolvido com procedimentos clínicos, sem grandes intervenções. Cerca de 80% dos casos são tratados com o uso de aparelhos ortodônticos (para corrigir problemas de mordida).

Placas de mordida que ajudam a impedir que os músculos da face se contraiam ao máximo quando os pacientes apertam os dentes, apenas amenizam as dores e protegem os dentes de desgaste do esmalte, mas não a curam. Fisioterapia e psicoterapia são os caminhos mais adequados.

Outro tratamento pode ser realizado por um dentista, com pequenos ajustes na mordida, através de desgastes dentários, o que possibilitaria um maior engrenamento da mordida.

Até mesmo avisos em bilhetinhos e sinais colados no ambiente de trabalho ou na casa do paciente podem fazer parte da receita médica. Isso ajuda aqueles que têm o hábito de apertar os dentes durante o dia a se autopoliciarem, evitando, assim, essa sobrecarga na região.

Em situações de muita dor, os especialistas recomendam, como coadjuvantes ao tratamento, compressas quentes na região, medicamentos ou laser de baixa potência, que têm efeito anti-inflamatório e aliviam o incômodo, dispensando cirurgias. Elas só são indicadas numa minoria das vezes, em casos graves, como os de calcificação da articulação (anquilose) ou de algum tumor (neoplasia).

seta cosbEscovação

A escovação deve ser feita às principais refeições e deve-se dar atenção especial à escovação noturna, pois é neste período que a ação bacteriana é mais intensa. Os resíduos alimentares que não forem removidos permanecerão muitas horas em contato com os dentes, favorecendo o desenvolvimento da cárie. A escovação da língua é necessária, pois ela acumula resíduos alimentares, contribuindo para a deposição de bactérias.

seta cosbFerida Bucal

Feridas na boca que não cicatrizam num período de 15 dias são perigosas. Pode ser câncer oral. Procure o dentista com urgência.

seta cosbFio Dental

O fio dental é necessário na higienização bucal, uma vez que limpa as regiões entre os dentes, abrangendo até a área que está sob a gengiva onde a escova não tem acesso. É importante usá-lo corretamente, em movimentos de um lado e do outro dos dentes, de forma delicada para não ferir a gengiva.

seta cosbFlúor

O flúor fortalece a estrutura dos dentes, prevenindo e impedindo a progressão da cárie. Devemos incentivar o consumo da água de abastecimento público, que contém flúor. Além disso, o uso do flúor também se dá por meio de escovação e bochechos com enxaguantes bucais que contenham flúor. As aplicações locais e tópicas são indicadas periodicamente e executadas apenas pelo dentista.

Recomenda-se a utilização de creme dental fluoretado para todas as faixas etárias. É importante se colocar uma quantidade de creme dental igual à de um grão de ervilha ao se escovar os dentes.

seta cosbGestante cuidado especial>

A gestante deve realizar a higiene oral com mais freqüência. Nesta época ocorrem alterações hormonais que aumentam a sensibilidade das gengivas, tornando-as mais susceptíveis a doenças.

A gestante que faz consumo de bebidas alcoólicas apresenta um risco de parto prematuro multiplicado por um fator de 1,5. Se o tabagismo estiver associado ao álcool, o risco passa a 2,5. Alguns estudos sugerem que a gestante com doença periodontal tem maior chance de parto prematuro (a inflamação gengival induz contrações). Bebês prematuros tem maior suscetibilidade às cáries. Este ciclo deve ser quebrado aumentado os cuidados com a saúde bucal durante a gestação.

A gestante não deve se preocupar em achar que o bebê “retira” o cálcio ou flúor dos seus dentes, uma vez que estes já estão formados. Na verdade, o bebê retira o cálcio e o flúor da alimentação, que deve ser correta.

seta cosbMantendo seus dentes saudáveis

Para manter os dentes saudáveis, coma doce somente após as refeições. Depois escove os dentes.

seta cosbNunca Ignore a Dor; Ela é um importante sinal de alerta do corpo

A dor possui aspectos positivos, pois os incômodos que sentimos no corpo significam que estamos vivos e somos capazes de enviar estímulos ao cérebro

Sabe aquele ditado “ruim com ela, pior sem ela”? Pois é, ele pode ser aplicado à dor. Isso mesmo. O fato é que, apesar de ninguém gostar de sentir dor, ela é muito importante para nossa saúde e bem-estar. Afinal, ela é um sinal de alerta, indicando que algo está errado, e também um mecanismo de proteção, apontando que há um perigo que deve ser evitado.

“A dor é um sintoma muito importante, pois é a forma que o corpo tem de se comunicar com a gente, nos informando de que algo está errado”.

Quando uma pessoa sente dor, na maioria das vezes ela tem duas reações: tomar algum medicamento que dê alívio imediato ou ignorar e esperar passar. E as duas reações são muito perigosas.

Muitos brasileiros têm o costume de tomar medicamentos para eliminar a dor – muitas vezes sem procurar assistência médica. Só que isso, além de não resolver o problema, pode também agravá-lo. Afinal, os analgésicos eliminam a dor, mas não a enfermidade, e não tratar a causa da dor pode fazer com que ela se agrave e se torne ainda mais difícil de curar.

Devemos nos preocupar com o que está causando a dor, e não somente em melhorarmos os sintomas. Descobrir a sua origem é fundamental para evitar o agravamento do problema. Além disso, o abuso de analgésicos tem consequências ruins, pois, com o uso contínuo de medicamentos, o cérebro pode passar a não produzir endorfinas, um analgésico natural e acarretar problemas como a cefaléia crônica diária.

Por outro lado, muitas pessoas acreditam que a dor é passageira e não é motivo para procurar um médico. Mas isso é igualmente perigoso “Seria o mesmo que ter um alarme contra incêndio e não tomar nenhuma atitude quando o mesmo dispara. Pode ser somente um alarme falso, mas também pode ser um grande incêndio. Por isso a investigação sempre deve ser realizada”.

Um bom exemplo dessa situação é o câncer de boca: os pacientes geralmente procuram assistência médica somente depois que a dor se torna muito grande, o que acontece quando o tumor já está em estágio avançado - o que dificulta e pode inviabilizar o tratamento.

Dores nas costas, que geralmente são ignoradas, podem esconder problemas mais graves, como o complexo de subluxação vertebral, uma disfunção articular que causa a alteração da faixa normal de movimento e muitas dores nas articulações.

Por isso é importante não desprezar ou tentar disfarçar a dor, mas sim buscar suas causas. Nenhuma dor, por menor que seja, deve ser ignorada. Se o corpo está enviando um sinal de alerta, é importante ouvi-lo e investigá-lo. “O que temos que ter em mente é que a dor só deve ser tratada depois de diagnosticada, pois eu não desligo o alarme do incêndio enquanto não tiver certeza que o fogo está apagado ou pelo menos que os bombeiros já chegaram”.

Não sentir dor é problema

Assim, a dor tem um papel fundamental na sobrevivência e preservação. Afinal, se não sentíssemos dor, provavelmente não saberíamos que estamos machucados ou doentes, e não procuraríamos por tratamento, o que levaria a uma piora do quadro e até mesmo à morte. Exagero? Nem um pouco. Algumas pessoas que sofrem de uma doença rara chamada CIPA (insensibilidade congênita à dor) sabem bem como é perigoso não ter esse alarme natural do corpo. Por uma disfunção no sistema neurológico, elas simplesmente não podem sentir qualquer espécie de dor.

O que para alguns pode parecer uma grande vantagem na verdade é um risco muito complicado. Afinal, por não sentirem dor, essas pessoas não percebem situações como queimar a mão numa panela quente, cortar o braço em um objeto afiado ou mesmo quebrar um osso. E isso pode ter consequências complicadíssimas, pois o quadro não tratado pode se agravar ou evoluir para infecções. “Em geral pessoas que sofrem desse mal morrem muito jovens, quase sempre por motivos banais como queimaduras ou pequenos ferimentos”.

A dor também pode ser sentida em casos que não há uma ameaça direta ao organismo, como por exemplo, em casos de estresse, em que a pessoa pode sentir dores nas costas ou dores de cabeça. “Não é necessário alteração ou lesão no organismo para causar dor”, mas mesmo assim ela se constitui um sinal de alerta de que há algo está errado: senão no organismo, no modo de viver, sendo importante agir para mudar o contexto – buscando o equilíbrio e o bem-estar – para eliminar essa dor.

seta cosbOdontologia para Gestantes

 - A gestante pode receber tratamento odontológico?

Sem dúvida. Em qualquer idade gestacional, embora do terceiro ao sétimo mês seja o momento mais oportuno.

 - Existem riscos quanto à anestesia local?

Não, porém quando possível deve-se evitar toma-las (tratamentos preventivos geralmente são realizados sem o uso de anestesia). Anestésicos especiais podem ser administrados em situações inevitáveis.

 - A gestante pode ser radiografada pelo dentista?

Pode. Deve ser evitado até o terceiro mês (período da embriogênese). Aventais de chumbo são de uso obrigatório em todos os casos.

 - Dizem que na gravidez os dentes “estragam” com mais facilidade. Isso é verdade?

Não. A gravidez não é responsável pelo aparecimento de cárie e nem pela perda de minerais dos dentes da mãe para formar as estruturas calcificadas do bebê. A cárie está relacionada com alterações da dieta e presença de placa bacteriana pela limpeza inadequada dos dentes.

 - E quanto à gengiva? Ela se inflama com mais facilidade?

A gravidez também não causa inflamação da gengiva. Ela afeta somente áreas inflamadas e não a gengiva sadia. É a presença da placa bacteriana que causa a gengivite.

 - Existem cuidados especiais para a higiene bucal?

Os cuidados são os mesmos de uma mulher não grávida: limpeza diária dos dentes, após qualquer refeição, com uso correto da escova e fio dental. Se houver algum ponto da gengiva com sangramento, essa região deverá ser massageada melhor pela escova. Se após 3 dias a gengiva continuar sangrando, a gestante deve procurar a ajuda de um dentista.

 - E o flúor? A gestante deve tomar visando à dentição do bebê?

O fato de a gestante tomar flúor durante a gestação não significa que o bebê terá menos cárie. A alimentação dele é que será determinante. Portanto deve-se evitar o uso de mamadeiras açucaradas, principalmente antes de dormir e sem escovar os dentes depois.

 - A amamentação é importante para os dentes do bebê?

A amamentação natural durante o primeiro ano de vida é fundamental. Além da importância afetiva e nutricional, o exercício muscular durante a sucção no seio favorece a respiração nasal e previne grande parte dos problemas de posicionamento incorreto dos dentes e das estruturas faciais.

 - E então, o que deve a gestante fazer para que seu bebê tenha bons dentes?

Antes de tudo, ela própria precisa ter saúde. O nível de saúde bucal da mãe tem relação com a saúde bucal da criança. Os pais determinam muito o comportamento que os filhos adotarão. Hábitos saudáveis são fundamentais, como, por exemplo, hábitos de limpeza bucal e de alimentação equilibrada. Uma boa alimentação significa também evitar a frequência de produtos açucarados. O açúcar natural dos alimentos é suficiente para a saúde da gestante e o desenvolvimento do bebê.

 - Após o nascimento, quando devo levar a criança pela primeira vez ao dentista?

A primeira consulta ao dentista deve acontecer por volta da erupção dos primeiros dentinhos de leite, ocasião em que os pais receberão orientações a respeito das causas da cárie, da alimentação, da limpeza dos dentes do bebê e do uso adequado do flúor. A educação em saúde assegura a chance de a criança crescer sem problemas bucais.

seta cosbO Processo da Mastigação

O processo da mastigação é acionado por vários músculos da face que promovem movimentos para cima, para baixo e também lateralmente. O alimento deve ser mastigado várias vezes para que seja devidamente aproveitado pelo organismo. Na mastigação, o alimento é reduzido a finas partículas que, misturadas com a saliva, converte-se numa massa pastosa: o bolo alimentar, sendo esta, a primeira fase da digestão.

LEMBRE-SE: A BOA DIGESTÃO COMEÇA NA BOCA, COM A ELABORAÇÃO DO “BOLO ALIMENTAR”.

Mastigue bem para que os nutrientes: proteínas, sais minerais, vitaminas e calorias, sejam aproveitadas adequadamente pelo seu corpo.

seta cosbO que as radiografias dentárias podem causar?

As imagens obtidas por radiografia proporcionam ao dentista valiosa informação sobre os dentes e as gengivas, e lhe ajudam a planejar o melhor tratamento para o seu problema.

É claro que as máquinas usadas para obter radiografias dentárias utilizam radiações, mas a quantidade de exposição é extremamente pequena, por isso estudos demonstraram que as radiografias dentárias são seguras para a maioria das pessoas na maior parte dos casos.

As medições de radiação nas radiografias dentárias não são significativamente diferentes das radiações às que estão expostas a maioria das pessoas na vida diária, por influências ambientais. Estas incluem as viagens frequentes em avião e certos aparelhos domésticos, por exemplo, o televisor e os detectores de fumaça.

Embora a quantidade de radiação nas radiografias dentárias seja bastante baixa e o procedimento seja seguro, é obrigatório em qualquer tomada radiográfica o uso de avental com colar tireóideo de chumbo, para proteger as zonas vulneráveis.

Mulheres grávidas apresentam maior risco às cáries e doenças das gengivas. Por isso é importante não passar por alto um problema dental potencialmente sério, por temor em se expor à radiação das radiografias.

Não há aumento do risco associado com as radiografias dentárias para mulheres que amamentam ou tentam engravidar.

seta cosbO que é cirurgia ortognática?

É a cirurgia que visa estabelecer um padrão harmônico entre dentes e face de pacientes com alterações nas estruturas ósseas dos maxilares ou com assimetrias (desvios do padrão), melhorando a morfologia, função e estética.

Muito importante também para a auto-estima do paciente, esta cirurgia é realizada pelo Cirurgião Dentista especializado em cirurgia Buco Maxilo Facial em conjunto com o Ortodontista, pois antes de sua realização é necessário o nivelamento das arcadas dentárias através de aparelhos fixos.

Após a cirurgia o paciente é novamente encaminhado ao Ortodontista para que ele encaixe perfeitamente seus dentes para estabilizar o resultado conseguido pela cirurgia.

seta cosbO que é e como se forma o tártaro?

Tártaro é a calcificação da placa bacteriana deixada no dente.

E o que é placa bacteriana? É o acumulo de bactérias que se alimentam de restos alimentares que ficam entre nossos dentes ou entre eles e a gengiva. Você já viu um acumulo de formigas sobre um pedaço de doce? É mais ou menos isso que acontece só que em tamanho microscópico, invisível a olho nu.

Então como se forma o tártaro? O tártaro se forma devido ao cálcio que existe na composição de nossa saliva que se impregna na placa bacteriana formando assim uma substancia dura que não conseguimos mais tirar com a escova dental. É preciso a ação mecânica de raspagem do dente que somente é realizado num consultório dentário.

Porque existem pessoas que tem mais tártaro que outras? É simples, são pessoas que tem na composição de sua saliva quantidade grande de cálcio.

Então como evitar o tártaro? Só temos uma defeza: escova e fio dental, enxaguantes bucais não conseguem remover a placa bacteriana.

Portanto ai vai a dica. Não importa se sua saliva tem mais ou menos cálcio. O que você deve fazer é escovar bem seus dentes após comer qualquer coisa pra que não fiquem restos alimentares que atraem as bactérias. E como voce não consegue ver se está com tártaro, visitas periódicas ao dentista são extremamente necessárias

seta cosbO que é tratamento de canal?

É o tratamento que cuida da raiz do dente. Quando se faz um tratamento de canal a polpa do dente, onde se encontra as artérias, veias e nervos é removida devido a sua contaminação.

Ao se realizar um tratamento de canal estamos “salvando” apenas a raiz do dente que deve ser reconstruído com núcleo e coroa para que volte a participar ativamente da mastigação sem se quebrar ou trincar.

seta cosbO que é tratamento ortodontico?

É um tratamento que através de aparelhos tem por objetivo corrigir o mau posicionamento dentário e/ou estruturas ósseas, trazendo um perfeito equilíbrio dento-facial e estético ao paciente.

seta cosbO que são distúrbios articulares?

São estalos, zumbidos, dores de cabeça ou localizadas próximas ao ouvido e até problemas musculares de ordem geral irradiando a dor pelas costas e coluna vertebral.

Sua causa são as disfunções da ATM (Articulação Temporo Mandibular), por sua vez causada pela falta de oclusão entre os dentes que se dá por perda de dentes, apinhamentos, espaçamentos, cáries e a falta de encaixe entre os maxilares.

Estes problemas são tratados pelo Ortodontista que é o Cirurgião Dentista pós-graduado e especialista em Ortodontia.

seta cosbOs dentes do siso empurram os outros dentes para frente?

Sim, mas eles não são os únicos culpados disso. O que realmente ocorre é que nossos dentes tendem a se posicionarem mais para a frente como num efeito dominó onde um empurra o outro e tambem pela influencia da lingua e musculos da face, ocasionando geralmente o entortamento dos incisivos inferiores. Fatores genéticos tambem podem contribuir para este fato.

Portanto não basta extrair os dentes do siso para resolver este problema. Quando tortos, os dentes devem ser corrigidos ortodonticamente e após contidos por varios meses ou anos até que se estabilizem.

seta cosbPorque é importante extrair o dente do siso?

Os terceiros molares, (conhecidos como dentes do siso ou do juízo) encontram-se atrás dos últimos dentes. Eram segundo os estudiosos muito importantes na época em que o homem tinha uma vida selvagem. Hoje estes dentes e alguns outros, como os laterais superiores, estão com tendência de desaparecer, pois os alimentos que comemos são cada vez mais moles e com o início do uso de ferramentas de cortes feitos de pedras pelos homens da pré-história, diminuiu bastante a necessidade de cortar os alimentos com os dentes, exigindo menos mastigação e gerando com isso uma diminuição das arcadas dentárias, reduzindo o espaço para os dentes e aumentando bastante o apinhamento que dificulta o posicionamento correto dos dentes do siso e de vários outros dentes.

Os sisos são os últimos dentes a aparecer em nossas arcadas. A maior parte de nós tem quatro dentes do siso. Normalmente eles se desenvolvem no final da adolescência ou por volta dos 20 anos. Muitas vezes, os dentes do siso ficam presos ou encaixados no osso do maxilar ou simplesmente não saem. Isto pode causar sobreposição ou deslocamento de outros dentes ou levar ao desenvolvimento de cárie dentária localizada, problemas periodontais, cistos e até câncer.

A principal indicação para sua extração é a prevenção!!!!!

  1. Prevenção da doença periodontal
  2. Prevenção da cárie dental
  3. Prevenção da pericoronarite
  4. Prevenção da reabsorção radicular
  5. Prevenção de cistos e tumores odontogênicos
  6. Prevenção de dor de origem desconhecida
  7. Prevenção de fratura da mandíbula
  8. Facilitação do tratamento ortodôntico

A melhor idade para extrair os dentes do siso é entre os 14 e os 22 anos, pois em idades mais jovens o osso é menos denso e o pós-operatório é geralmente melhor que em adultos. Em idades mais avançadas a probabilidade de complicações é maior e o processo de recuperação é mais lento.

O que é pericoronarite?

É uma inflamação que normalmente ocorre quando o dente do siso está para nascer, pois não há como realizar uma higienização de qualidade no local, acumulando assim resíduos alimentares.

Periconarite, portanto, é a inflamação da gengiva que recobre o terceiro molar, ela causa dor no local ou na região de mandíbula e pescoço, além de dificuldade de abrir a boca, mastigar e engolir. Algumas vezes causa até dor na ATM (articulação temporomandibular).

O tratamento da pericoronarite consiste na higiene adequada do local, bochecho com anti-sépticos bucais ou água oxigenada e para a dor, analgésicos e anti inflamatórios. Se houver infecção instalada, há ainda a necessidade de antibióticos. É importante que após a cura, o siso seja extraído para que este processo não se repita.

seta cosbSaiba em quais casos deve-se extrair o dente siso.

Dentes do siso são os últimos molares de cada lado dos maxilares. São também os últimos dentes a nascer, geralmente entre os 16 e 20 anos de idade.

Como os dentes do siso são os últimos dentes permanentes a aparecer, geralmente não há espaço suficiente em sua boca para acomodá-los. Isto pode fazer com que os dentes do siso fiquem inclusos (dentes presos embaixo do tecido gengival por outros dentes ou osso). Se os dentes estão inclusos, pode ocorrer inchaço ou flacidez.

Os dentes do siso que erupcionam apenas parcialmente ou nascem mal posicionados também podem causar apinhamento e outros problemas.

Como os dentes removidos antes dos 20 anos de idade têm raízes em menor estágio de desenvolvimento e causam menos complicações, recomenda-se que as pessoas entre 16 e 19 anos tenham seus dentes do siso examinados para verificar se precisam ser removidos.

Como são extraídos os dentes do siso?

A extração se faz de forma rotineira, com anestesia local. Após a extração do dente (ou dentes), você precisará morder suavemente um pedaço de gaze durante 30 a 45 minutos após deixar o consultório, para estancar qualquer sangramento que possa ocorrer.

Você poderá sentir um pouco de dor ou inchaço, mas que passará naturalmente após alguns dias; no entanto, você deverá ligar para seu dentista se houver dor prolongada ou intensa, inchaço, sangramento ou febre.

A extração dos dentes do siso devido ao apinhamento ou fato de estarem inclusos no osso maxilar ajuda sua mordida e sua saúde bucal no futuro, além de se evitar outros problemas muito mais sérios.

Leia também a dica “Porque é importante extrair os dentes do siso”.

Fique atento e não fuja do dentista

seta cosbVisita periódica ao dentista

A visita periódica ao dentista, a cada seis meses, é uma ótima medida de prevenção da cárie, doença periodontal, má oclusão e outros problemas bucais que podem levar à perda precoce dos dentes. Desta maneira, estaremos evitando tratamentos dentários caros e garantindo a manutenção da saúde bucal.

DICAS DE SAÚDE GERAL

seta cosbAlgumas pessoas ficam gripadas depois de tomar a vacina da gripe?

NÃO. A vacina da gripe não provoca a doença, pois é desenvolvida a partir do vírus morto e fracionado.

O que acontece é que entre 15% e 20% da população apresenta reações adversas, como mal estar e febre – daí a confusão. Nesses casos, não há sinais de coriza e tosse, sintomas característicos da doença. Portanto não se trata de gripe.

Outra situação é que a pessoa adquiriu o vírus antes de se vacinar, pois o efeito benéfico da vacina não é instantâneo.

seta cosbAmamentação: Um ato de amor

Fundamental para o desenvolvimento das arcadas músculos e dentes, esta é a fase mais importante para o bebê. A mãe deve preparar o bico do peito antes do nascimento da criança, friccionando uma esponja limpa todos os dias, no banho, sem ferir-se.

A mãe deve insistir na amamentação: mãe e bebê aprendem juntos.

Nos primeiros dias o bebê pode ter alguma dificuldade para fazer a pega no peito, mas a mãe deve pegar o bico e a auréola e introduzir na boca do bebê. Neste momento, a criança começa a desenvolver corretamente os músculos da sucção, da mastigação e fala, sendo o contato com a mãe de grande importância para o desenvolvimento emocional do indivíduo.

No começo, pode haver um pouco de dor no peito da mãe, que acontece apenas nos primeiros dias. E neste momento, a parte lateral do bebê que está encostada no corpo da mãe percebe a respiração, o calor e todo o aconchego do colo materno e ao mesmo tempo, desenvolve as arcadas dentárias, a correta respiração e toda a musculatura da face. Enquanto isso o outro lado do corpo do bebê se relaciona com o resto do mundo, proporcionando o desenvolvimento dos dois lados do corpo.

Além da criança a mãe também se beneficia deste ato de amor, pois pesquisas recentes descobriram que amamentar diminui a incidência de problemas cardíacos nas mães.

seta cosbApnéia

O que é apnéia do sono?

Apnéia significa "parada da respiração". Apnéia do sono é o distúrbio no qual o indivíduo sofre breves e repetidas interrupções da respiração (apnéias) enquanto dorme. As apnéias são causadas por obstruções transitórias da passagem do ar pela garganta de pelo menos 10 segundos de duração. Quando ocorrem apnéias com frequência maior que 5x/hora no sono dizemos que o indivíduo é portador de apnéia do sono.

O que provoca a apnéia do sono?

  • - Aumento do peso (causa mais comum nos adultos): o excesso de tecido mole na garganta obstrui a passagem do ar.
  • - Os músculos da garganta e língua relaxam mais do que o normal: isso tende a agravar-se com a idade.
  • - Alterações do formato da cabeça e pescoço podem resultar em menor espaço para passagem de ar na boca e garganta.

Amídalas e adenóides grandes são causa comum de apnéia do sono na criança.

Quais as consequências da apnéia do sono?

Cada vez que ocorre uma apnéia ocorre uma diminuição rápida da oxigenação sanguínea. A fim de evitar a morte por asfixia, o organismo envia um “sinal” ao cérebro despertando-o por tempo suficiente para conseguir desobstruir a garganta. Ou seja, ocorre um micro despertar que o indivíduo não percebe e nem lembra no dia seguinte. Esse fenômeno pode repetir-se até 1000 vezes em cada noite de sono nos casos mais graves. Após cada micro despertar ocorre também uma descarga aguda de hormônios do estresse como adrenalina e outros que, aliada a queda da oxigenação sanguínea, podem desencadear arritmias cardíacas, infarto do miocárdio e acidentes vasculares cerebrais (AVC) durante o sono. Além disso, a apnéia do sono não tratada, a longo prazo, ocasiona ou agrava várias doenças como diabetes, obesidade, hipertensão, insuficiência cardíaca, infarto do miocárdio, arritmias cardíacas, AVCs, entre outras.

A apnéia do sono é uma das causas mais comuns de fadiga, sonolência e dificuldades de aprendizado e memória, entre outros sintomas.

Quais os sintomas da Apnéia do Sono? Quando suspeitar desse distúrbio?

Em muitos casos, a suspeita da doença ocorre por outras pessoas que observam os episódios de apnéia ou devido aos seguintes sintomas que podem ser observados:

  • - Ronco alto e interrompido
  • - Sono agitado
  • - Engasgos noturnos
  • - Sonolência excessiva durante o dia
  • - Despertares frequentes
  • - Pesadelos
  • - Sono não reparador
  • - Fadiga crônica
  • - Dor de cabeça pela manhã
  • - Irritabilidade
  • - Apatia, Depressão
  • - Dificuldade de concentração
  • - Perda de memória
  • - Impotência sexual

Como diagnosticar?

O diagnóstico da apnéia do sono é feito através de um exame chamado polissonografia que é realizada à noite em um laboratório de sono sob a supervisão de técnico ou enfermeiro capacitado. O paciente deve dormir com sensores fixados no corpo que permitem o registro da passagem do ar pelo nariz/boca, oxigenação sanguínea, frequência cardíaca, movimentos do tórax, posição do corpo na cama, além de outros dados. Os sensores são fixados de maneira a permitir ao paciente movimentar-se durante o exame, não atrapalhando assim o sono. Em casos selecionados o exame pode ser realizado no próprio domicílio do paciente através de aparelhos portáteis.

Qual o tratamento da apnéia do sono?

O tratamento depende da causa e da gravidade da doença. O ronco sem apnéia, bem como a apnéia do sono leve podem ter melhora significativa com medidas simples como: dormir de lado, perder peso, evitar uso de álcool ou tranquilizantes, entre outras. O uso de dispositivos orais confeccionado por dentistas que avançam a mandíbula durante o sono aumentando o espaço para a passagem do ar pode ser indicado em alguns casos.

Cirurgias aplicadas ao nariz e/ou à garganta podem ser benéficas. Nestes casos, o paciente deve ser cuidadosamente avaliado por médico especialista em distúrbios do sono para indicar o tipo de cirurgia mais apropriada ou evitar uma cirurgia desnecessária.

Saiba mais acessando: www.disturbiosdosono.com

seta cosbBeber água durante as refeições atrapalha a digestão?

MITO: O consumo de água durante as refeições não interfere na digestão, de acordo com gastroenterologistas. "Em alguns casos, no entanto, este hábito pode trazer transtornos. É o que acontece, por exemplo, nos pacientes portadores de doença de refluxo gastroesofágico. Nestes casos, a ingestão de líquidos durante as refeições, aumenta a pressão dentro do estômago, facilitando mais ainda o refluxo, podendo piorar os sintomas".

seta cosbBruxismo

O que é bruxismo?

É o movimento involuntário dos músculos da mastigação que nos faz ranger e apertar os dentes inconscientemente.

O que provoca o bruxismo?

Distúrbios emocionais, stress ou tensão psicológica e mau posicionamento dos dentes que fazem com que as arcadas superior e inferior não se encaixem direito, sobrecarregando a articulação e a musculatura que fazem muita força para compensar este desalinhamento.

Quais são os sintomas do bruxismo?

  • - Dor na região de cabeça, pescoço e ouvido.
  • - Zumbidos e estalos na Articulação Temporo Mandibular (ATM).

Quais são os danos causados pelo bruxismo?

Além de afetar a estética o atrito entre os dentes danifica o esmalte, tornando-os sensíveis ao frio ou quente e em casos mais graves pode levar a perda de estrutura óssea dos dentes provocando gengivites e perda do elemento dental. A ATM também é afetada provocando a sua disfunção podendo chegar a um estágio em que cirurgias sejam necessárias.

Como é feito o diagnóstico?

O simples exame clínico da arcada dentária feita pelo dentista é o suficiente para detectar o problema.

Quais são os tratamentos recomendados?

Alinhar os dentes e as arcadas através de aparelhos ortodônticos é fundamental para a saúde da articulação e músculos envolvidos na abertura e fechamento da boca. Mas como a causa principal do bruxismo é de ordem emocional, tratamentos psicológicos para afastar o stress e a ansiedade podem ser necessários.

Terapias como acupuntura, yoga, cromoterapia, de florais, etc. e placas mio relaxantes (feita por dentistas) que relaxam a musculatura e protegem os dentes, são eficazes, porém não solucionam o distúrbio definitivamente

seta cosbCâncer de Pele

O câncer de pele (ou melanoma) se manifesta na forma de pintas escuras assimétricas e diâmetro aproximado de um lápis. Nos homens é mais comum no tronco, nas mulheres aparece com mais frequência nas pernas.

O sol é o inimigo número um da doença, principalmente entra as pessoas de pele mais clara.

Os amantes do sol devem tomar cuidados redobrados, tais como uso diário de protetor solar, evitar a exposição ao sol das 10 às 15 horas e ter atenção especial com qualquer pinta que apareça, sobretudo nas regiões de atrito, como as que são depiladas, no caso das mulheres.

seta cosbChocolate dá espinhas?

NÃO. A acne é determinada por predisposição genética e alterações hormonais. Alguns estudos já apontaram uma possível relação entre a gordura saturada e o ômega-6 presentes no chocolate com efeitos pró-inflamatórios, o que poderia acentuar o quadro em pessoas com propensão à acne. Mas as pesquisas se mostraram inconclusivas.

seta cosbContra a dor de cabeça, o melhor tratamento é a prevenção

A dor de cabeça é um mal que, mais cedo ou mais tarde, todo mundo vai sentir. Em geral atribuída ao estresse e às tensões do dia a dia, pode ter as mais variadas razões, desde a ingestão de alimentos que desencadeiam a enxaqueca, tensões na ATM (articulação temporo mandibular), até problemas de visão, como o astigmatismo (visão embaralhada).

A Sociedade Internacional de Cefaléia reconhece a existência de mais de 150 tipos diferentes de dor de cabeça, sendo as mais comuns a enxaqueca e a dor de cabeça do tipo tensional (causada por tensão muscular).

Muitos dos que sofrem com as dores passam anos sem buscar ajuda. Sempre que a cefaléia torna-se frequente, é importante procurar um médico.

Os vilões e suas maiores vítimas

Estima-se que 3% da população mundial sofra com esse problema que se manifesta de diferentes formas, porém, esse número vem crescendo constantemente, principalmente nas regiões urbanas. Isso porque a DTM está no rol das doenças da modernidade: ansiedade, tensão e estresse – muito presentes na vida urbana de hoje – estão entre os principais estopins desse distúrbio.

Além deles, outros fatores em conjunto podem favorecer essa disfunção: problemas oclusais (mordida cruzada, falta de dentes etc), bruxismo (ranger involuntário dos dentes durante o sono), maus hábitos – como apertar os dentes, mascar chicletes excessivamente, roer as unhas, morder tampa de caneta –, sedentarismo e má postura.

Até mesmo pequenos traumas (como quedas ou soco no queixo) ou leves batidas de carro podem gerar lesão nos músculos ou desestabilizar a articulação, favorecendo o aparecimento da DTM.

seta cosbDicas para ter uma vida longa

As universidades de harvard, nos estados unidos e de cambridge na inglaterra, publicaram recentemente um compêndio com conselhos saudáveis para melhorar a qualidade de vida de forma prática e habitual.

Veja algumas dicas que estão no compêndio:

  1. Coma chocolate: duas barras por semana acrescentam mais um ano de vida. O chocolate amargo é fonte de ferro, magnésio e potássio.
  2. Pense positivamente: pessoas otimistas podem viver até 12 anos mais que as pessimistas. Estas ficam gripadas e resfriadas com mais facilidade e são menos queridas e mais amargas.
  3. Seja sociável: pessoas que estabelecem fortes laços sociais ou redes de amigos têm uma vida mais saudável que a das pessoas solitárias ou que só mantêm contato com a família.
  4. Conheça a si mesmo: as pessoas que priorizam o “ser” em vez do “ter” apresentam 35% de probabilidade de viver mais tempo e de ter boa qualidade de vida.
seta cosbDores na região cervical

Quem nunca sentiu dores na nuca ou teve um torcicolo?

Sabe aquela tensão sobre os ombros que aparece quase que constantemente no final do dia? Pois é, esses são sinais de que a região cervical está sobrecarregada.

Vícios posturais, como ler na cama, andar e sentar no sofá para assistir televisão, se não realizadas de maneira correta, podem afetar a região cervical e até causar dores de cabeça.

Segundo estudos realizados em 2009 pela Sociedade Brasileira de Estudos da Dor, a cervicalgia afeta entre 30% a 50% da população todos os anos, sendo que 15% apresentam alguma dor em região cervical ao longo de suas vidas.

Atualmente, com o avanço da tecnologia, um dos principais fatores que colaboram para elevação desses números é a permanência de longos períodos na frente do computador. Esta ação provoca uma flexão excessiva do pescoço, visto que este é o grande responsável por equilibrar nossa cabeça e realizar os movimentos para dirigir a visão.

Como a cervical é a região mais móvel da nossa coluna, ela sofre contrações que aumentam a tensão em todas as estruturas, principalmente as musculares. As contrações podem ser irradiadas para os membros superiores.

Como cuidar ou prevenir essa dor tão incômoda?

Alongar diariamente auxilia na redução da tensão gerada ao longo do dia. Tratamentos como Pilates ou RPG são excelentes recursos terapêuticos que têm como objetivo reeducar a postura, fortalecer a musculatura e melhorar a conscientização corporal para que as dores e as causas possam ser eliminadas do seu cotidiano.

seta cosbDo alto dos saltos

O salto alto é considerado um item indispensável no universo feminino. As mulheres de todas as idades, em sua maioria, sentem-se mais bonitas e poderosas em cima de um belo sapato de salto alto. O problema é que essa peça tão desejada não é nada inofensiva. Para que se consiga manter a estabilidade do corpo sobre um salto são necessários inúmeros ajustes posturais, como a “anteriorização” do centro de gravidade e o aumento do stress na região lombar. Esses ajustes levam a sobrecarga em diversas articulações do corpo. Além disso, durante a marcha há uma redução do comprimento do passo e da velocidade, consequentes da diminuição de amplitude de movimento dos membros inferiores.

As consequências do uso contínuo do salto podem ser sérias. Além dos encurtamentos e desequilíbrios musculares, podem ocorrer alterações osteoarticulares como osteoartrose de quadril e joelhos, deformidades nos pés, como o hálux valgo (joanete), metatarsalgias (dor na região anterior dos pés), entorses de tornozelo, tendinites e alterações lombares.

Um estudo realizado por um grupo de pesquisadores brasileiros, alerta para outro problema que o salto alto pode ocasionar: alterações vasculares. O grupo analisou o retorno venoso de mulheres em diferentes situações: pés descalços, salto médio de 3,5 cm, salto agulha com 7 cm e salto plataforma com 7 cm. Os resultados mostraram que a função de bomba muscular da panturrilha diminuiu conforme aumenta o tamanho do salto. Os pesquisadores concluem que o uso contínuo de salto alto tende a provocar hipertensão venosa nos membros inferiores e pode transformar-se em causa de doença venosa.

Como cuidar ou prevenir essas alterações e a dor?

Para prevenir essas alterações o ideal é não utilizar saltos com mais de 3 cm no dia-a-dia e dar preferência para os mais largos que geram menos desequilíbrios. Se quiser, deixe para abusar dos maiores e dos estilos agulhas nos finais de semana. Se você necessita usar constantemente salto, procure realizar alguma atividade física que fortaleça os grupos musculares. Alongar, diariamente, a musculatura dos membros inferiores e da coluna também ajuda a você manter-se no salto, mas sem “perder a pose” para alguma dor.

5 EFEITOS DO AÇÚCAR NO ORGANISMO

  1. 1- Estimula os receptores cerebrais que codificam o sabor prazeroso dos alimentos doces. Esses canais são os mesmos que respondem ao álcool, ao tabaco e à cocaína. Isso poderia explicar a preferência (muitas vezes compulsiva) pelos alimentos açucarados.
  2. 2- Aumenta os níveis de serotonina – neurotransmissor que desempenha um importante papel na regulação do humor, do sono, da sexualidade e do apetite.
  3. 3- Promove rápida saciedade. Após o seu consumo, o apetite volta rapidamente, estimulando à maior ingestão de alimentos e, consequentemente, ao ganho extra de peso.
  4. 4- Colabora para o surgimento dos “pneuzinhos” e da barriga. Quando é consumida em excesso, a glicose passa por um processo de transformação no organismo, para ser armazenada no tecido adiposo, ou seja, mais gordura!
  5. 5- Predispõe a doenças. Seu alto consumo é um dos responsáveis pela epidemia de obesidade e diabetes em todo o mundo.

DICA: Doce – o segredo para não engordar é controlar a quantidade. 30 g. por dia são liberados.

seta cosbEntrar na piscina ou tomar banho logo após a refeição faz mal?

DEPENDE. O contato com a água não oferece risco - é o exercício físico que o faz.

Como a atividade física exige maior circulação de sangue na musculatura, há uma redução do fluxo sanguíneo no sistema digestivo e no cérebro. Isso pode ocasionar náusea, vômito, tontura, fraqueza e até desmaio.

Portanto, embora seja arriscado nadar, um banho ou um mergulho para refrescar depois do almoço não oferecem perigo.

seta cosbEnxaqueca: Saiba como evitá-la.

Mal que acomete cerca de 15% da população brasileira, segundo a Sociedade Brasileira de Cefaléia, a enxaqueca pode ser amenizada com algumas dicas simples, como comer de forma correta. "Evitar a hipoglicemia, que é a diminuição do açúcar no sangue, alimentando-se em intervalos regulares, ajuda a barrar as crises". Evitar os extremos, como comer demais ou de menos, também ajuda.

A enxaqueca tem um componente hereditário e é mais comum em pacientes com parentes que sofrem do mesmo problema. Entretanto, para o desenvolvimento da crise, é necessário que exista um gatilho ou uma influência ambiental. Um desses gatilhos pode estar no seu prato.

Alguns alimentos contêm substâncias que, quando ingeridas, desencadeiam ou pioram a dor de cabeça. Para as pessoas que sofrem de enxaqueca, pode existir a sensibilidade para um ou outro alimento. O paciente deve procurar identificar ou associar a ingestão com o surgimento da crise, evitando a utilização daquele item.

A cafeína, substância presente no chocolate, no café e em bebidas como chá preto e refrigerante pode provocar enxaqueca se consumida em excesso. Segundo a Sociedade Brasileira de Cefaléia, o ideal é ingerir até 200 mg de cafeína por dia, distribuídas entre todos estes alimentos. Parar repentinamente de consumi-los não é bom, pois ocorre a abstinência de cafeína, o que também pode causar enxaqueca

Dormir mal e viver sob estresse são outros fatores que pioram a enxaqueca. Por isso, não é surpresa que a população em idade produtiva (entre 25 e 45 anos) é uma das mais acometidas por esse mal. É justamente nesta fase da vida, quando se trabalha com bastante intensidade, que o estresse e as poucas horas de repouso tendem a virar rotina. Nestes casos, lançar mão de técnicas de relaxamento e estabelecer padrões regulares de sono pode ser boas formas de evitar novas crises.

A enxaqueca é apenas uma entre as mais de 150 tipos de dor de cabeça conhecidas e está entre as mais comuns dores de cabeça primárias, ou seja, aquelas que surgem espontaneamente, sem uma causa aparente.

Além da dor, os pacientes costumam apresentar outros sintomas durante a crise de enxaqueca, como fotofobia (sensibilidade à luz), fonofobia (sensibilidade ao som) e intolerância a odores (osmofobia). Outros sintomas frequentes são náuseas e vômito.

Algumas pessoas apresentam na fase que precede a crise de dor fenômenos neurológicos transitórios chamados de "aura". As mais frequentes são a percepção de manchas no campo visual, como linhas brilhantes ou em ziguezague, e sensação de dormência de um membro, geralmente nas pontas dos dedos, na língua ou nos lábios. Formas menos comum incluem incapacidade temporária para falar (afasia) ou fraqueza (paresia) de um ou mais membros de um lado do corpo.

A enxaqueca pode durar de quatro a 72 horas, se não for tratada. Se passar desse período sem melhora, pode ser necessária até uma internação. Tem intensidade moderada a intensa e a dor é descrita como latejante e unilateral (em apenas um dos lados da cabeça).

Nos casos mais graves e frequentes, o tratamento inclui medicamentos para serem usados durante a crise e para evitá-las. Estes remédios devem ser prescritos pelo neurologista, que avaliará com mais precisão cada caso, após consulta médica. Uma repetição das crises indica a necessidade de um tratamento preventivo.

Vale lembrar que o abuso no uso de analgésicos, comumente usados por conta própria para aliviar dores de cabeça, pode vir a agravar a enxaqueca, tornando-a a mais resistente em longo prazo. A tomada exagerada de analgésicos, diariamente, pode agravar a dor de cabeça. Atenção especial aos analgésicos que contém cafeína. Isso porque essa substância é também um fator precipitante da enxaqueca, se consumida em excesso. Analgésicos não tratam a enxaqueca, só aliviam a intensidade e duração das crises, depois que ela já se instalou.

seta cosbEstalar os dedos engrossa as juntas?

DEPENDE. Articulações engrossam em decorrência de artrose, doença degenerativa resultante de uma combinação de fatores como predisposição genética e inflamação local. Embora não provoque a doença, o hábito de estalar os dedos não é recomendado, principalmente a pessoas com maior flexibilidade nas articulações (que conseguem, por exemplo, dobrar a mão até encostar o polegar no braço).

O risco de lesionar as estruturas articulares é maior com os exercícios de impacto, mas os estalos também podem causar lesões que favorecem o desencadeamento da doença.

seta cosbFígado ainda é acusado, injustamente, de causar ressaca

Veja mitos e verdades sobre a ressaca

Beber água previne e combate a ressaca. VERDADE: a bebida alcoólica diminui a concentração de água e sódio no intestino, portanto beber água previne a ressaca. O álcool é diurético, portanto a água ingerida previne a dor de cabeça e a sensação de secura, além de ajudar a combater os tremores e a sensação de cansaço. A hidratação contribui para a troca de líquidos do corpo.

Já faz parte da crença popular culpar o fígado pelos sintomas de embriaguez ou ressaca, quando na verdade isso se deve mais aos efeitos do álcool sobre o cérebro e o restante do aparelho digestivo.

A ressaca pode acontecer sem que o fígado esteja agredido. Trata-se de um mal-estar causado pelo efeito anticolinérgico (inibe a produção de acetilcolina, substância química que atua como neurotransmissor) do álcool associado à desidratação. Um produto do metabolismo do álcool gerado no fígado, o acetaldeido (que é mais tóxico que o próprio álcool) explica em parte esses sintomas.

O excesso de metabólitos do álcool causa, entre outras coisas, a desidratação. "Por isso é importante tomar bastante água. Se sabe que terá uma festa e vai beber no dia seguinte, tome isotônico um dia antes. Ou, na hora, para cada taça de álcool, tome duas de água".

Da mesma forma, medicamentos à base de alcachofra fazem bem, mas não porque irão atuar no fígado, como se acredita, mas porque facilitam a digestão: "Alcachofra diminui o colesterol, mas afirmar que os alimentos amargos ajudam o fígado não tem nenhum fundamento".

O maior

O fígado não só é a maior glândula como também o segundo maior órgão do corpo humano, perdendo apenas para a pele. Está localizado sob o diafragma e pesa entre 1,3 kg a 1,5 kg em um homem adulto. Já nas mulheres seu peso é um pouco menor e, nos pequenos, é proporcionalmente maior, já que constitui 1/20 do peso total de um recém-nascido. É um órgão tão grande em crianças, na primeira infância, que pode ser sentido abaixo da margem inferior das costelas.

Ele funciona tanto como glândula exócrina, liberando secreções num sistema de canais que se abrem numa superfície externa, como glândula endócrina, já que também libera substâncias no sangue ou nos vasos linfáticos. Além disso, realizam aproximadamente 220 funções diferentes, todas interligadas e correlacionadas.

Entenda o caminho do álcool pelo corpo e por que a ressaca aparece no dia seguinte

Sua atividade principal e mais conhecida é a formação e excreção da bile - fluido que se armazena na vesícula biliar e atua na digestão de gorduras e na absorção de substâncias nutritivas da dieta. As células hepáticas produzem em torno de 1,5 litros de bile por dia.

O fígado também pode ser considerado um gerador de energia para o corpo. Isso porque produz calor, participando da regulação do volume sanguíneo, proporciona uma ação antitóxica importante, processando e eliminando os elementos nocivos de bebidas alcoólicas e gorduras, entre outros. Além de tudo isso, tem um papel vital no processo de absorção de alimentos. Não conseguiríamos viver sem este órgão, responsável por tantas funções.

Cuidado com chás

Alguns itens que parecem inofensivos, se consumidos com frequência, podem causar um tremendo prejuízo ao fígado. Os chás com supostos efeitos terapêuticos, por exemplo. A idéia de que o natural faz bem é completamente falsa e obedece a um interesse de mercado.

Alguns chás que podem causar danos ao fígado são picão preto (carrapicho), sacaca, cáscara-sagrada, espinheira-santa, confrei, erva-mãe-boa, sene e poejo. Melhor optar por chá de erva-cidreira ou erva-doce. Melhor ainda é tomar água.

Dieta desintoxicante

Quando o assunto é a famosa dieta desintoxicante, todos os profissionais são totalmente contra. Toda dieta bem equilibrada faz bem para o fígado como para todo o organismo, mas não existe alimento milagroso que faça desintoxicação. O chá verde é um exemplo. Nada melhor para desintoxicar que água!.

O fígado e a melancolia

Mais uma crença popular, e não só no Brasil: a de que a bile produzida pelo fígado é a origem da depressão e da melancolia.

Na Grécia antiga se tinha esta crença. Como a bile é amarga, acreditava-se que o fígado purgava o amargor da vida, portanto seria responsável pelo humor. Hoje sabemos que não é nada disso. As alterações do nosso humor estão ligadas ao funcionamento do cérebro e seus neurotransmissores.

Regeneração

O fígado é um órgão realmente especial e entre suas diferenças em relação aos demais está sua capacidade de se regenerar. É o único órgão de mamíferos capaz de se regenerar. No caso de uma cirurgia ou mesmo da doação de parte dele, em um transplante, por exemplo.

O fígado se regenera e chega ao tamanho habitual, mas cresce em massa, não exatamente como era. Porém, se o peso do fígado que permaneceu for adequado à pessoa, o órgão realizará suas funções normalmente.

Transplante de fígado

Tudo depende da compatibilidade do peso e do tipo sanguíneo de doador e receptor. Podemos dividir um fígado adulto e fazer dois transplantes. Ou transplantar um fígado infantil num adulto. O órgão tem de pesar 1% do peso da pessoa. Assim, um adulto de 70 quilos precisará de um fígado de no mínimo 700 gramas. Temos hoje 15 doares para cada milhão de habitantes. A meta é chegar a 20, pois muitos ainda morrem na fila.

O Brasil é o país que faz o melhor transplante de fígado do mundo. O problema é a espera. São dois a três anos na fila. O melhor é que o transplante seja feito de um órgão que venha de um doador cadáver e que não seja um transplante intervivos, pois o doador nunca sabe o que pode ocorrer no futuro. Precisamos aumentar a campanha de doação de órgãos. O ideal é avisar aos familiares que se é um doador.

seta cosbFriagem causa resfriados?

NÃO. Gripes e resfriados são causados por vírus, não pelo frio.

A tal friagem também é incapaz de afetar o sistema imunológico. Apenas a má alimentação, a falta de sono e o excesso de exercícios físicos podem prejudicar as defesas do organismo de uma pessoa saudável.

Outro vilão associado aos resfriados é o ar condicionado. Nesse caso, a relação está correta, mas o problema não é a temperatura e sim a baixa umidade do ar. “O ar seco proveniente dos equipamentos resseca a mucosa das vias respiratórias, o que facilita a entrada de vírus e favorece as infecções”. Manter-se hidratado minimiza o problema.

seta cosbGripe, resfriado e mito

De geração em geração, perpetuasse a crendice popular de que pisar no chão frio, não se agasalhar, tomar gelado e outras, é fatal pra se pegar gripe ou resfriado.

A verdade é que resfriados e gripes são infecções causadas por vírus no sistema respiratório (entenda nariz, garganta e pulmões), que após contraídos levam de 4 a 8 dias para se multiplicarem e apresentar os sintomas como dor no corpo, espirros, coriza, tosse seca, dor de garganta, falta de apetite, cansaço e febre no caso da gripe devido aos vírus causadores desta serem mais agressivos.

Nosso organismo, inteligente que é, elimina esses microrganismos e cria defesas para que este mesmo tipo de vírus nunca mais consiga promover a doença.

Porque então pegamos gripes ou resfriado várias vezes no ano?

Vírus são microrganismos que sofrem mutações constantes (transformações), dai a impossibilidade de os eliminarmos por completo e é por este motivo que as vacinas contra gripe devem ser tomadas todos os anos, pois é sempre uma nova vacina.

Portanto a maior causa de gripes e resfriados é o contato com pessoas já infectadas e não o frio.

seta cosbHigienizar as mãos ajuda a prevenir doenças

O ato de lavar as mãos é uma das maneiras mais simples de evitar doenças infecciosas, entre elas os resfriados e as gripes. Porém, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a maioria das pessoas não lavam as mãos corretamente, por preguiça ou falta de conhecimento.

As mãos devem ser lavadas antes das refeições, ao manipular dinheiro, após a ida ao banheiro e, quando gripado, sempre após espirrar ou tossir.

seta cosbImpotência e Fumo

Não fume. O cigarro provoca o enrijecimento das artérias que irrigam o pênis, o que acaba por prococar a impotência.

Os homens que fumam bastante possuem mais chances de desenvolver a doença.

O cigarro é um dos grandes responsáveis pela má utilização de vitaminas, o que pode acarretar em uma série de doenças carenciais. O cigarro é considerado ainda um grande causador de câncer, quer seja de pulmão ou de boca.

Estudos mostram que as pessoas que fumam têm duas vezes mais chances de perder os dentes do que as não fumantes.

O cigarro provoca perda óssea nos maxilares o que consequentemente prejudica a sustentação dos dentes no osso.

seta cosbMamografia

Essencial para os cuidados com a saúde feminina, a mamografia é capaz de identificar precocemente tumores na mama, o câncer mais comum em mulheres e também segundo no ranking mundial da doença, de acordo com o inca (instituto nacional de câncer).

A mamografia é indicada a partir dos 35 anos, sendo que mulheres com histórico familiar devem se antecipar em cinco anos.

A precisão do exame é maior, o que permite detectar minúsculos pontos cancerígenos, enquanto o exame de toque revela a doença em estágios mais avançados, quando a chance de cura é menor.

seta cosbNunca ignore a dor; ela é um importante sinal de alerta do corpo

A dor possui aspectos positivos, pois os incômodos que sentimos no corpo significam que estamos vivos e somos capazes de enviar estímulos ao cérebro

Sabe aquele ditado “ruim com ela, pior sem ela”? Pois é, ele pode ser aplicado à dor. Isso mesmo. O fato é que, apesar de ninguém gostar de sentir dor, ela é muito importante para nossa saúde e bem-estar. Afinal, ela é um sinal de alerta, indicando que algo está errado, e também um mecanismo de proteção, apontando que há um perigo que deve ser evitado.

“A dor é um sintoma muito importante, pois é a forma que o corpo tem de se comunicar com a gente, nos informando de que algo está errado”.

Quando uma pessoa sente dor, na maioria das vezes ela tem duas reações: tomar algum medicamento que dê alívio imediato ou ignorar e esperar passar. E as duas reações são muito perigosas.

Muitos brasileiros têm o costume de tomar medicamentos para eliminar a dor – muitas vezes sem procurar assistência médica. Só que isso, além de não resolver o problema, pode também agravá-lo. Afinal, os analgésicos eliminam a dor, mas não a enfermidade, e não tratar a causa da dor pode fazer com que ela se agrave e se torne ainda mais difícil de curar.

Devemos nos preocupar com o que está causando a dor, e não somente em melhorarmos os sintomas. Descobrir a sua origem é fundamental para evitar o agravamento do problema. Além disso, o abuso de analgésicos tem consequências ruins, pois, com o uso contínuo de medicamentos, o cérebro pode passar a não produzir endorfinas, um analgésico natural e acarretar problemas como a cefaléia crônica diária.

Por outro lado, muitas pessoas acreditam que a dor é passageira e não é motivo para procurar um médico. Mas isso é igualmente perigoso “Seria o mesmo que ter um alarme contra incêndio e não tomar nenhuma atitude quando o mesmo dispara. Pode ser somente um alarme falso, mas também pode ser um grande incêndio. Por isso a investigação sempre deve ser realizada”.

Um bom exemplo dessa situação é o câncer de boca: os pacientes geralmente procuram assistência médica somente depois que a dor se torna muito grande, o que acontece quando o tumor já está em estágio avançado - o que dificulta e pode inviabilizar o tratamento.

Dores nas costas, que geralmente são ignoradas, podem esconder problemas mais graves, como o complexo de subluxação vertebral, uma disfunção articular que causa a alteração da faixa normal de movimento e muitas dores nas articulações.

Por isso é importante não desprezar ou tentar disfarçar a dor, mas sim buscar suas causas. Nenhuma dor, por menor que seja, deve ser ignorada. Se o corpo está enviando um sinal de alerta, é importante ouvi-lo e investigá-lo. “O que temos que ter em mente é que a dor só deve ser tratada depois de diagnosticada, pois eu não desligo o alarme do incêndio enquanto não tiver certeza que o fogo está apagado ou pelo menos que os bombeiros já chegaram”.

Não sentir dor é problema

Assim, a dor tem um papel fundamental na sobrevivência e preservação. Afinal, se não sentíssemos dor, provavelmente não saberíamos que estamos machucados ou doentes, e não procuraríamos por tratamento, o que levaria a uma piora do quadro e até mesmo à morte. Exagero? Nem um pouco. Algumas pessoas que sofrem de uma doença rara chamada CIPA (insensibilidade congênita à dor) sabem bem como é perigoso não ter esse alarme natural do corpo. Por uma disfunção no sistema neurológico, elas simplesmente não podem sentir qualquer espécie de dor.

O que para alguns pode parecer uma grande vantagem na verdade é um risco muito complicado. Afinal, por não sentirem dor, essas pessoas não percebem situações como queimar a mão numa panela quente, cortar o braço em um objeto afiado ou mesmo quebrar um osso. E isso pode ter consequências complicadíssimas, pois o quadro não tratado pode se agravar ou evoluir para infecções. “Em geral pessoas que sofrem desse mal morrem muito jovens, quase sempre por motivos banais como queimaduras ou pequenos ferimentos”.

A dor também pode ser sentida em casos que não há uma ameaça direta ao organismo, como por exemplo, em casos de estresse, em que a pessoa pode sentir dores nas costas ou dores de cabeça. “Não é necessário alteração ou lesão no organismo para causar dor”, mas mesmo assim ela se constitui um sinal de alerta de que há algo está errado: senão no organismo, no modo de viver, sendo importante agir para mudar o contexto – buscando o equilíbrio e o bem-estar – para eliminar essa dor.

seta cosbO milagre da água

Beber água em determinados momentos do dia maximiza seus benefícios para o corpo.

Confira as dicas a seguir:

  1. Tomar um copo de água logo depois de acordar ajuda a ativar os órgãos internos.
  2. Ingerir um copo de água 30 minutos antes de fazer uma refeição contribui para uma boa digestão.
  3. Beber um copo de água antes de tomar banho ajuda a baixar a pressão sanguínea.
  4. Ingerir um copo de água antes de ir para a cama evita derrame cerebral e ataque de coração.
seta cosbO que perguntar antes da cirurgia?

Se o médico diz que a saída para seu problema é cirúrgica, esclareça as suas dúvidas e vá tranquilo para o hospital.

Que toda e qualquer cirurgia tem o intuito de melhorar o corpo humano - seja pelas condições de saúde ou esteticamente - não há dúvidas. A parte ruim é que se submeter a essas intervenções nunca é agradável e sempre envolve riscos. Para tornar esse momento menos preocupante e decidir com mais segurança se a cirurgia deve ser feita, preparamos uma lista das perguntas que você deve fazer ao seu médico antes de ser internado. Para o médico não é uma tarefa fácil preparar o paciente para a intervenção cirúrgica e, para o paciente, é fundamental saber quais as condições em que a intervenção será realizada. Essa relação médico-paciente deve ser estreita e humanizada e, para isso, é necessária uma boa formação médica e alta confiança do paciente.

A informação sobre a intervenção cirúrgica deve ser clara, objetiva e com vocabulário simples. Cabe também ao paciente participar ativamente com perguntas sobre o tratamento cirúrgico indicado e saber os detalhes. Desse modo, você pode compreender melhor a respeito das técnicas operatórias disponíveis. Se achar melhor, pegue papel e caneta e não se intimide em levar a listinha de perguntas ao doutor.

1. Existem outros tratamentos para esse caso clínico?

Quando o médico ou dentista aponta a cirurgia como uma saída, na maioria dos casos é porque os procedimentos menos invasivos já foram cogitados, mas não parecem ser a melhor opção. Mesmo assim, o paciente tem o direito a escolher tratamentos alternativos. Discuta com o especialista as estratégias de tratamento.

2. Como é feita a cirurgia?

"Cabe ao profissional explicar exatamente sobre o procedimento a ser realizado, salvo em casos de emergências onde essa possibilidade inexiste". Aproveite para perguntar, por exemplo, qual o tipo de anestesia que será usada.

3. Como serei beneficiado?

Sempre que um procedimento cirúrgico é indicado ele deve ser baseado em critérios técnicos, por isso, "peça para lhe explicar de forma clara os motivos que optou por essa decisão e mostrar os benefícios que esse tipo de intervenção pode causar".

4. Posso esperar para marcar a data?

De maneira geral, quando uma cirurgia é indicada o ideal é que seja realizada o quanto antes. Mas em muitos casos é necessário um preparo cirúrgico ou aguardar um período mais adequado ao paciente. "Essa questão é importante principalmente para os indivíduos assintomáticos, que não sentem o corpo reclamar, mas que apesar disso seu estado de saúde pode estar comprometido".

5. Há quanto tempo faz esse tipo de procedimento?

"Essa questão é fundamental. Entretanto é muito delicada, pois para cirurgias mais raras esse critério não pode ser empregado", O ideal é perguntar se o médico ou dentista tem experiência nesse tipo de procedimento, se pode lhe dar referencias de cirurgias já realizadas e se julgar necessário, pesquisar sobre a carreira profissional dele.

6. Há algum preparo a ser feito?

Cada tipo de cirurgia indicará um preparo específico antes da internação. É muito importante esclarecer quais as indicações médicas e cumpri-las, como as restrições físicas, alimentares, medicamentos e exames laboratoriais pré-operatórios.

7. Quais são os custos que terei?

Os valores dependem se o paciente tem plano de saúde, se é particular ou se está operando pelo SUS (Sistema Único de Saúde). Os custos devem ser explicados, pois existem tanto os custos diretos (referentes ao procedimento cirúrgico), quanto os custos indiretos (como o afastamento do trabalho e a limitação da rotina diária no pós-operatório).

8. Qual é o hospital mais indicado?

Além de conhecer bem o cirurgião e sua equipe, "o paciente deve conhecer o hospital onde será feita a cirurgia, questionar se as instalações são adequadas ao procedimento proposto e se os equipamentos estão disponíveis caso aconteça algo inesperado".

9. Existem riscos ou possíveis complicações posteriores?

Não existe procedimento cirúrgico sem riscos, toda e qualquer cirurgia implica em um risco, sendo esse de intensidade variável de acordo com cada tipo de intervenção e paciente. O risco deve ser claramente explicado pelo médico ou dentista. "Essa é talvez a mais importante pergunta a ser feita, o paciente deve colocar os riscos e benefícios em uma balança para que a decisão seja tomada de forma responsável e em conjunto".

10. Como proceder para marcar a intervenção?

Aproveite este momento para discutir a melhor data, horário e local. Também é o momento de saber como será o auxílio para as burocracias de planos assistenciais e hospitais.

11. Pode haver algum impedimento para realizar a operação?

Procure saber que condições físicas impediriam a cirurgia, como resfriados, diarréias ou período menstrual, que possam atrapalhar o ato operatório. Nesses casos, informe com antecedência a impossibilidade de realizar o procedimento para que uma nova data seja marcada. "Uma vez marcado o procedimento, o paciente deve ter em mente que o cancelamento, por qualquer motivo, é um grande transtorno para si mesmo, para a equipe médica e para o hospital - que envolve vários procedimentos e profissionais".

12. Sou obrigado a aceitar esta indicação cirurgica?

Se já foram discutidos outros métodos alternativos em substituição à cirurgia, não fazê-la pode ser bastante arriscado. Sempre deve ocorrer uma indicação correta baseada em critérios técnicos e o paciente deve ser informado dos possíveis riscos em não aderir ao tratamento proposto.

13. Por quanto tempo estarei anestesiado?

O tempo de cirurgia pode variar muito dependendo do tipo, das especificidades do paciente, da complexidade cirúrgica e dos imprevistos que sempre podem acontecer. Idealmente quanto menor o tempo de intervenção, melhor. Mas é melhor que a cirurgia seja feita com calma e que ela tenha êxito no final, independentemente do tempo que ela dure.

14. Será necessário tomar sangue?

Antes de realizar uma cirurgia são realizados exames pré-operatórios com a finalidade de detectar eventuais alterações que precisem correções, como transfusão sanguínea.

15. A recuperação será fácil?

Para se programar melhor, pergunte quantos dias de internação serão necessários, quais serão as limitações físicas, o que será necessário de suporte domiciliar na alta hospitalar e em quanto tempo se volta às atividades ansiadas (trabalho, esporte, convívio social, relações sexuais etc.)

seta cosbO stress provoca gastrite nervosa?

DEPENDE. A gastrite é a inflamação da mucosa que reveste o estômago. Entre suas principais causas estão as infecções bacterianas e o uso de medicamentos que agridem o revestimento gástrico, como anti-inflamatórios não hormonais e ácido acetilsalicílico.

A ansiedade e o stress não causam o problema, apenas acentuam os sintomas. Além disso, nas pessoas que apresentam dispepsia funcional (distúrbio sem causa orgânica em que a digestão gera desconforto abdominal) as situações de tensão podem aumentar a sensibilidade à dor e, consequentemente, o incômodo.

seta cosbPorque é importante respirar pelo nariz?

É o nariz o responsável em filtrar, umidificar e aquecer o ar que entra em nosso organismo, preparando e facilitando o trabalho dos pulmões.

Por sua vez os pulmões filtram o ar para captar só o oxigênio e eliminar o gás carbônico que o organismo produziu. O ar tem que ser aquecido e umidificado para chegar aos pulmões 100% saturado com água e quente.

O ar seco e frio faz com que o corpo gaste mais energia para aquecer e umidificar o ar que ao ser filtrado pelos pulmões para a captação do oxigênio, precisa estar num meio aquoso para entrar nas células e ser distribuído para todo o organismo através do sistema cardiocirculatório. Por isso, quanto mais seco o tempo, mais difícil a respiração.

A respiração através da boca só deve ser feita em caso de emergência, por exemplo, quando estamos gripados.

Se você respira sempre pela boca deve procurar um médico otorrinolaringologista para diagnosticar a causa desta anomalia e procurar tratamento.

seta cosbRefrigerante dá celulite?

NÃO. A predisposição genética e o hormônio estrógeno determinam a retenção de líquidos, o acúmulo de gordura e outros fatores responsáveis pela formação de celulite, praga que acomete mais de 90% das mulheres.

Refrigerantes, como qualquer alimento que contenha açúcar, podem levar ao aumento de peso, o que piora o problema.

seta cosbRelação entre problemas respiratórios, odontológicos e de coluna

Pessoas com respiração bucal tendem a desenvolver problemas ortopédicos.

A respiração bucal pode ser causada por uma série de fatores: hipertrofia de amígdalas, pólipos nasais, rinites, sinusites, desvio de septos e mesmo hábitos.

Crianças em crescimento são as mais prejudicadas pela presença de uma respiração bucal crônica, pois apresentam uma musculatura facial hipotônica (flácida) que prejudica o desenvolvimento ósseo, podendo causar problemas dentais como mordidas abertas, mordidas cruzadas, problemas periodontais e futuras disfunções temporo-mandibulares.

O respirador bucal, tende a projetar o pescoço para frente, para facilitar a passagem de ar, essa necessidade adaptativa causa alterações devido a uma respiração mais rápida e curta que altera os eixos posturais.

Reação da coluna a esse problema:

Ombros curvados, flacidez dos músculos abdominais, diminuição da mobilidade cervical e alteração do equilíbrio postural. Causam também aumento das lordoses cervicais, levando à inclinação do dorso para frente, chamada popularmente de “corcunda”.Este efeito estético desagradável, além de deteriorar articulações da coluna, levar ombros à rotação interna e gerar enorme sobrecarga muscular e articular, ocasionam dor e desconforto importante as atividades da vida diária.

seta cosbRespirador Bucal

A respiração é uma das funções vitais do organismo e o seu desequilíbrio causa alterações em vários órgãos e sistemas do corpo humano.

A respiração bucal pode ser adquirida, entre outras formas pelo uso da mamadeira ou como conseqüência de doenças como rinite, bronquite e asma.

Causas mais comum da respiração bucal:

  • - Alterações do septo nasal
  • - Aumento das adenóides
  • - Aumento das amígdalas
  • - Aumento das conchas nasais

Os sintomas mais freqüentes do respirador bucal são:

  • - Face longa e estreita
  • - Lábio superior flácido e curto
  • - Lábios separados e ressecados
  • - Nariz pequeno, afilado, tenso ou com pirâmide alargada
  • - Olheiras profundas
  • - Cansaço, ombros estreitos e tórax pouco desenvolvido

Caso estas características sejam observadas o individuo deve ser encaminhado para uma avaliação da respiração. Quando esta síndrome é tratada, seu portador tem mais qualidade de vida, bem como o seu cérebro passa a receber maior quantidade de oxigênio.

seta cosbRespiração Saudável

Você sabia que a saúde dos pulmões está diretamente ligada ao bom funcionamento de todo o corpo humano?

É o pulmão que filtra o ar que respiramos para captar só o oxigênio, cada vez mais impregnado de partículas nocivas como o monóxido de carbono, e eliminar o gás carbônico que o organismo produziu.

No Brasil é realizada cerca de 1,4 milhão de internações ano devido a doenças do aparelho respiratório e muitos desses casos são provenientes do tabagismo, que registra um alto índice de adesão entre a população adulta, com cerca de 28 milhões de viciados. Isso representa aproximadamente 15% da população. Segundo o INCA – Instituto Nacional de Câncer, cerca de 80 mil pessoas morrem por ano no país devido a complicações causadas pelo tabagismo.

O cigarro também é responsável por 90% dos casos de câncer no pulmão, que é considerado o tumor mais comum e registra aumento anual de 2% na incidência mundial.

A vulnerabilidade do pulmão ao meio ambiente o torna um alvo fácil para as mais diversas doenças, como por exemplo, a asma, que atinge 300 milhões de pessoas no mundo e é a doença crônica mais comum entre as crianças.

Doenças infecciosas como a tuberculose e as pneumonias, das quais cerca de 75% podem ser tratadas em consultórios se diagnosticadas precocemente, são as principais doenças respiratórias. Existem também as doenças das vias aéreas, associadas à inalação de fatores externos como poluentes e fumaça de cigarro. As principais são asma, bronquite e enfisema.

Levar uma vida regrada, evitando riscos como o cigarro, que afeta diretamente o pulmão, evitar ambientes com fumaças, ar frio e seco e mudanças térmicas bruscas, pois o corpo não tem tempo de se adaptar ao ambiente, tomar vacinas contra gripe e pneumonia e procurar sempre um especialista preventivamente ou ao menor sinal de qualquer sintoma são medidas importantes para sua saúde.

Atividade física aeróbica também é fundamental para manter o bom funcionamento do pulmão, mas não recomendado em dias frios, secos e em locais de alta concentração de poluição.

seta cosbSuplementos de Vitamina C previnem a gripe?

DEPENDE. É verdade que o poder antioxidante da vitamina C evita que radicais livres ataquem as células de defesa do organismo. Mas uma dieta diversificada, com porções variadas de frutas e verduras, é o bastante para proporcionar a quantidade necessária de vitamina C, ou seja, 100 miligramas por dia.

O excesso de vitamina proveniente do suplemento será eliminado pela urina, portanto sem benefício ao organismo.

seta cosbVocê respira pela boca? Cuidado!

O nariz é o órgão de nosso corpo responsável pela captação do ar para leva-lo até os pulmões. É ele que tem a função de filtrar, umidificar e aquecer o ar purificando-o até a chegada aos pulmões.

Porque então conseguimos respirar pela boca?

A boca deve executar esta função apenas em casos emergenciais como, por exemplo, quando estamos resfriados e com o nariz "entupido".

Se você não consegue respirar pelo nariz procure um médico imediatamente. Ele pode ajuda-lo a identificar se existe alguma obstrução de suas vias respiratórias e tratá-las adequadamente. A fonoaudiologia também pode ajudar em alguns casos.

seta cosbVer televisão no escuro ou muito perto da tela prejudica os olhos?

NÃO. Não há comprovação cientifica de que esses hábitos causem danos aos olhos. Tampouco ler em ambiente com pouca luminosidade provoca problemas de refração, como miopia, astigmatismo e hipermetropia, que são de origem genética.

A luz traz conforto à leitura, mas o esforço exigido pela iluminação fraca não oferece risco.

Atenção: ver TV próximo demais do aparelho pode ser, isso sim, sinal de uma miopia não corrigida e nunca a causa do problema.

DICAS DE CIDADANIA

seta cosbO que quer dizer cidadania?

Cidadania é o conjunto de direitos e deveres ao qual um indivíduo está sujeito em relação à sociedade em que vive, mas basicamente quer dizer ouvir o outro. Cidadania pode se dizer que é a atitude que tomamos visando o bem comum.

seta cosbAcidentes domésticos na terceira idade – Saiba como evitar

Medidas simples que devem ser adotadas em casa:

  • -  Ter menos tapetes nos ambientes;
  • -  Diminuir os enfeites e aumentar os espaços de circulação na sala e no quarto;
  • -  Deixar livre o acesso ao banheiro, principalmente durante a noite, quando o sono é traiçoeiro;
  • -  Instalar um corrimão na escada e no banheiro. (Toalhinha de piso, nem pensar);
  • -  Ah! Cuidado com o cachorrinho e o gatinho, para não tropeçar neles!
seta cosbÁgua – Um bem precioso

Que a água é o bem mais precioso da Terra, todo mundo sabe.

Saiba qual é o desperdício em alguns casos:

  • - Escovar os dentes com torneira aberta por 5 minutos = 12 litros – Se todos os brasileiros fecharem a torneira ao escovar os dentes, a água economizada durante um mês equivalerá a um dia e meio do volume de água que cai nas Cataratas do Iguaçu.
  • - Banho de 15 minutos no chuveiro elétrico = 144 litros – Se cada brasileiro diminuísse 1 minuto o tempo de banho no chuveiro elétrico, a energia economizada em um ano equivaleria a 15 dias de operação da usina de Itaipu na geração máxima.
  • - Lavar louça com torneira meio aberta = 110 litros
  • - Lavar calçada com mangueira = 280 litros
  • - Lavar carro com mangueira = 560 litros
  • - Torneira gotejando = 46 litros por dia ou 16.790 litros por ano o que equivale a um aumento de aproximadamente R$ 1.200,00 em sua conta de água.

PENSE NISSO E FAÇA A SUA PARTE

VERIFIQUE E CONSERTE VAZAMENTOS COM RAPIDEZ

JOGAR LIXO EM RIOS E CÓRREGOS POLUI A ÁGUA E AJUDA A CAUSAR ENCHENTES

seta cosbDoação de Células-tronco do cordão umbilical

O congelamento do sangue do cordão umbilical, rico em células usadas no transplante de medula óssea, pode ser feito por empresas particulares, para uso exclusivo do bebê, ou por bancos públicos. A doação do cordão umbilical do recém-nascido para um banco público é voluntária e autorizada pela mãe do bebê. As unidades armazenadas ficam disponíveis para qualquer pessoa que precise de transplante de medula óssea, indicação para pacientes com leucemia e outras doenças do sangue. Quanto mais cordões armazenados, maior a quantidade de pessoas que podem ser beneficiadas. Os bancos da rede brasilcord mantêm convênio com determinadas maternidades para coleta dos cordões. As doações só podem ser realizadas nesses hospitais conveniados, onde existem equipes treinadas para realizar a abordagem da gestante, acompanhamento da gestação e coleta do material no momento do nascimento da criança.

Quem pode doar: mulheres saudáveis entre 18 e 36 anos e idade gestacional acima de 35 semanas.

Como fazê-lo: como a coleta é realizada no momento do parto, é preciso ter o bebê em uma das maternidades conveniadas à rede brasilcord.

seta cosbDoação de fígado

Tudo depende da compatibilidade do peso e do tipo sanguíneo de doador e receptor. Podemos dividir um fígado adulto e fazer dois transplantes. Ou transplantar um fígado infantil num adulto. O órgão tem de pesar 1% do peso da pessoa. Assim, um adulto de 70 quilos precisará de um fígado de no mínimo 700 gramas. Temos hoje 15 doares para cada milhão de habitantes. A meta é chegar a 20, pois muitos ainda morrem na fila.

O Brasil é o país que faz o melhor transplante de fígado do mundo. O problema é a espera. São dois a três anos na fila. O melhor é que o transplante seja feito de um órgão que venha de um doador cadáver e que não seja um transplante intervivos, pois o doador nunca sabe o que pode ocorrer no futuro. Precisamos aumentar a campanha de doação de órgãos. O ideal é avisar aos familiares que se é um doador.

seta cosbDoação de Leite Materno

Mulheres que produzem um grande volume de leite podem doar o excedente a um banco ou posto de coleta. O gesto ajuda a alimentar recém-nascidos prematuros e de baixo peso, alérgicos ou filhos de portadoras do vírus da aids.

Quem pode doar: lactantes saudáveis e que não fumem mais do que dez cigarros por dia.

Como fazê-lo: primeiro, a doadora deverá entrar em contato com o banco de leite ou posto de coleta mais próximo. Feito isso, receberá vidros esterilizados e instruções sobre como coletar e armazenar o alimento, que é recolhido semanalmente por profissionais da saúde. A lista dos bancos e postos de coleta pode ser encontrada no site da fiocruz:

www.fiocruz.br

seta cosbDoação de Medula Óssea

Localizada no interior dos ossos, a medula é responsável por produzir os componentes do sangue. Por isso, quando ela falha, o transplante pode ser a única salvação. “todos os anos cerca de 800 novos pacientes entram na fila de espera para o transplante de medula. Destes, apenas 40% conseguem realizá-lo”.

Quem pode doar: pessoas saudáveis que tenham entre 18 e 55 anos.

Como fazê-lo: é preciso procurar o hemocentro mais próximo de casa, onde uma amostra de sangue será colhida. Feito isso, os dados do doador são inseridos em uma rede e, sempre que surge um novo paciente, a compatibilidade é verificada. Quando a resposta é positiva e os testes confirmam a viabilidade do transplante, o voluntário é submetido a um procedimento de duas horas feito sob anestesia geral ou peridural. Nele, parte da medula é aspirada com a ajuda de agulhas. Em poucas semanas, a matéria se recompõe. O doador é liberado em 24 horas e pode sentir um leve desconforto na região da bacia – problema sanado com o uso de analgésicos. “como o voluntário pode ser procurado até quarenta anos após ter feito o cadastro, é importante que mantenha dados como endereço e telefone atualizados”.

seta cosbDoação de Plaquetas e Hemácias

Assim como na doação convencional, nesse tipo de procedimento o sangue é retirado da veia de um dos braços. A diferença é que ele passa por um circuito que retém apenas plaquetas ou hemácias, retornando em seguida para o doador.

Quem pode doar: pessoas saudáveis, que tenham entre 16 e 67 anos. Para doar hemácias, é preciso pesar mais de 70 quilos. No caso das plaquetas, não se devem tomar anti-inflamatórios nem remédios com ácido acetilsalicílico nos cinco dias que precedem a doação.

Como fazê-lo: o voluntário deve entrar em contato com o hemocentro mais próximo de casa. O intervalo para doação de plaquetas é de 72 horas. Para hemácias, o prazo é de 120 dias para homens e de 180 dias para mulheres.

seta cosbDoe Sangue - Seja amigo da Vida

A doação de sangue é um gesto simples, mas que pode salvar muitas vidas. O assunto, porém, ainda é tabu para muitas pessoas que não têm conhecimento sobre o processo. A coleta do sangue é totalmente segura, realizada com equipamentos modernos e descartáveis. Diversos testes sorológicos são realizados com o material coletado, seguindo técnicas e padrões mundiais, que permitem saber se o sangue poderá se utilizado em transfusões. Entre as checagens básicas, o sangue passa por verificações contra hepatite C, HIV e outras doenças.

O doador, após um mês, recebe gratuitamente o resultado de todos os exames efetuados. “O organismo de uma pessoa adulta consegue repor o sangue doado (hemácias, plaquetas e plasma) com agilidade, portanto, é possível que homens doem a cada dois meses e as mulheres a cada três meses”.

Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o ideal para um país manter os estoques é ter entre 3% a 5% da população doando anualmente. Hoje, o percentual brasileiro é menor que 2% ao ano. Por isso, hospitais do país inteiro unem esforços para elevar os números de doações.

Requisitos básicos para doar sangue:

  • -  Estar bem de saúde e ter entre 18 e 67 anos;
  • -  Não ter recebido sangue ou plasma há menos de 12 meses;
  • -  Não ter diabetes ou cardiopatia;
  • -  Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;
  • -  Documento de identidade com foto;
  • -  Não ter doado sangue há pelo menos 60 dias (homens) e 90 dias (mulheres);
  • -  Não estar amamentando, grávida e esperar até o terceiro mês após o parto para fazer a doação;
  • -  Não estar em estado gripal;
  • -  Não ter extraído dente há menos de sete dias;
  • -  Não ter feito tatuagem há menos de 12 meses;
  • -  Não ter ingerido álcool doze horas antes da doação;
  • -  Não estar em jejum. Evitar apenas alimentos gordurosos nas 12 horas que antecedem a doação;
  • -  Pesar no mínimo 55 kg;
  • -  Não ter feito cirurgia de grande porte há menos de 6 meses e de pequeno porte há menos de 3 meses;
  • -  Não ter tido comportamento de risco para contaminação pelo HIV ou uso de drogas injetáveis ilícitas.
seta cosbEducar para crescer

10 idéias simples para você participar mais da vida escolar dos seus filhos:

  1. Não deixe que faltem às aulas em necessidade. Faltas dificultam a aprendizagem.
  2. Garanta que cheguem à escola na hora certa.
  3. Compareça às reuniões de pais e mestres. Se não puder, chame alguém que goste deles para ir no seu lugar.
  4. Visite a escola e apresente-se aos professores deles.
  5. Pergunte o que aprenderam de novo no colégio e mostre interesse.
  6. Peça que lhe ensinem algo. Isso ajuda a aprender o conteúdo.
  7. Valorize o esforço deles. Olhe a lição de casa e mostre interesse pelos trabalhos.
  8. Leia sempre. É bom para você e excelente para que sigam o seu exemplo.
  9. Estimule atividades que usem a leitura: jogos, receitas, mapas.
  10. Brinque de palavras cruzadas, caça palavras, forca, stop e outros jogos que envolvam a escrita.

Veja se seus filhos estão aprendendo o que deveriam na idade que têm:

  • Aos 8 anos, devem saber ler e escrever com facilidade;
  • Aos 10 anos, devem saber somar, subtrair, multiplicar e dividir;
  • Aos 14 anos devem resolver uma equação de primeiro grau com duas variáveis (X e Y) e interpretar textos com facilidade.

Acesse: www.educarparacrescer.com.br e saiba mais.

seta cosbMitos e Verdades sobre o Álcool
  1. Ao ingerir álcool, a percepção e a concentração ficam alteradas. Sem perceber, você subestima os perigos e fica incapaz de dirigir de forma segura.
  2. Um banho frio e exercícios físicos não combatem a embriaguez.
  3. Tomar café, chupar uma bala ou comer um doce também não reduz os efeitos do álcool.
  4. Mesmo se você está acostumado a beber e dificilmente fica embriagado, não se engane. O álcool estará no seu sangue, afetando seus reflexos e coordenação.
  5. É difícil calcular quanto tempo o corpo demora para eliminar o álcool, pois isso depende da quantidade de bebida ingerida e do metabolismo de cada um

Não corra riscos, faça a escolha certa: se beber, não dirija.

Conheça a lei

De acordo com o código de trânsito brasileiro, não é permitido dirigir sob influência de álcool.

seta cosbMotorista, seja responsável no transito

Mais do que um ato de cidadania, dirigir pensando em si e nos outros é um ato de segurança que evita acidentes.

Relacionamos algumas regras básicas para que você dirija com segurança:

  1. Use a pista da esquerda somente se tiver a intenção de ultrapassar o veículo que vai a sua frente. Caso contrário, permaneça na direita. Deste modo você dirige mais tranquilo e não atrapalha quem estiver em velocidade maior.
  2. Respeite a velocidade máxima permitida, mas dê a passagem a quem estiver acima dela. Você não é fiscal de transito e nem o dono da verdade. Lembre-se, dirigir em velocidade abaixo da metade da máxima permitida também atrapalha os outros motoristas e pode causar acidentes.
  3. No transito existe uma hierarquia. O menor e mais frágil tem sempre a preferência. Respeite pedestres, ciclistas e motociclistas. Lembre-se que eventualmente você também é um deles.
  4. Sinalize ao trocar de faixa de rolamento. É impossível a outro motorista, saber o que você está pensando em fazer. E só inicie a manobra após se certificar pelos retrovisores de que é seguro.
  5. Respeite as placas de sinalização e os sinais luminosos. Elas existem para sua segurança e a de outros motoristas ao ordenar e organizar o fluxo de veículos.
  6. Nunca ultrapasse outro veiculo cruzando a faixa continua da pista ou pelo acostamento, além de ser uma das causas de maior número de acidentes, rendem pontos na carteira e multas pesadas.
  7. Seja responsável. Álcool e direção não combinam e mantenha seu veículo em condições de trafegar com segurança, zelando por sua manutenção.
  8. Não estacione em local proibido. Se é proibido certamente há um motivo para isso. Jamais estacione em fila dupla e nas vagas destinadas a deficientes ou idosos, se você não for um deles; isso representa uma grande falta de educação e cidadania.
seta cosbReciclagem de lixo

Você sabia que mais da metade do lixo que produzimos é reciclável e que a coleta seletiva desse lixo traz grande economia ao município e ajuda a preservar o meio ambiente?

Saiba o que pode ser reciclado:

  1. Papéis, papelões, jornais, revistas, cadernos, folhas soltas.
  2. Caixas e embalagens em geral (desmontadas), embalagens longa vida.
  3. Garrafas, copos, potes, sacolas, garrafas PET e outros plásticos.
  4. Latinhas de alumínio, latas e outros metais (chapas)
  5. vidros (inteiros ou quebrados) devem estar separados dos demais materiais e embalados de forma segura para a coleta.

E o que não pode ser reciclado:

  1. Restos de comida, cascas de frutas e de legumes.
  2. Guardanapos e lenços de papel usados, papéis e papelões engordurados.
  3. Fotografias, fitas crepe e etiquetas adesivas.
  4. Lâmpadas, materiais eletrônicos, pilhas e baterias (existem locais que coletam esses materiais).
  5. Sujeira das vassouras, de cinzeiros, de animais e chicletes.
  6. Se onde você mora não há coleta seletiva informe-se para onde levar esse lixo. Além de ser um ato de cidadania o meio ambiente agradece.
seta cosbReciclagem de óleo de cozinha

Sabia que se o óleo de cozinha for descartado corretamente você está ajudando a cuidar do meio ambiente?

O óleo de cozinha pode ser reciclado e reaproveitado para produção de biocombustível, por exemplo.

O óleo, quando despejado no meio ambiente, pode contaminar rios, córregos e represas. No solo podem causar proliferação de microrganismos e causar danos as plantas e, se lançado pelo ralo, pode causar entupimentos nas instalações e até mesmo nas redes de coleta de esgoto, o que pode resultar no retorno do esgoto para dentro de casa.

Como armazenar e entregar o óleo usado?

É muito simples, despeje o óleo frio numa garrafa plástica transparente, de preferência pet, feche bem e leve a um dos pontos de coleta.

Mais informações sobre o programa e os pontos de coleta: www.sabesp.com.br ou www.trevo.org.br

seta cosbVamos acabar com a dengue!

Elimine o acúmulo de água em latas, copos plásticos, pneus velhos, vasinhos de plantas, garrafas, caixas d’água, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras.

Em São Bernardo DISQUE DENGUE: 0800-195565  –  das 8 hs. as 17 hs.

Qualidade para nós é fundamental.

Acompanhe nossas dicas

para cuidar melhor da sua saúde bucal!

Fale Conosco


Seu contato foi enviado com sucesso! TESTE TESTE TESTE