DIADEMA: (11) 4056-8100 | MAUÁ: (11) 4513-7644 | SA - CAMPOS SALES: (11) 4316-8600
SBC - MEGA: (11) 4122-9700 | SBC - MATRIZ: (11) 4125-7380 | SBC - PALERMO: (11) 4129-1111
imagem banner cosb

UMA UNIDADE



Sempre perto de você!

COM VOCÊ



Em todas as etapas da vida...
faixa vermelha
laptop 2 via do boleto

IMPRIMA A 2º VIA DO SEU BOLETO AQUI!
Selecione onde foi atendido:
Palermo
Santo André
Mega Cosb
Mauá
Insira seu CPF:

COMO CUIDAR DE SEU APARELHO?

seta cosbORIENTAÇÕES AOS NOSSOS CLIENTES VISANDO UM TRATAMENTO MELHOR, EM MENOS TEMPO E MAIS EFICIENTE.

1 - Escove os dentes imediatamente após as refeições ou ao comer qualquer alimento. Se estiver num lugar onde seja impossível escová-los, faça um bochecho vigoroso com água. Nunca durma sem escovar os dentes.

2 - Quem usa aparelho deve dar atenção especial a escovação da gengiva. Elas devem ser massageadas com uma escova de cabeça pequena e cerdas macias com calma, sem pressa, por no mínimo 5 minutos.

3 - Na escovação o importante é a escova e não a pasta de dente. A quantidade ideal de creme dental é mais ou menos o equivalente a um grão de feijão. Para não ocasionar excesso de espuma, é recomendavel cuspir enxaguar a boca e a escova, e repetir o processo.

4 - Utilize o fio dental pelo menos uma vez ao dia, de preferência antes de dormir. Não utilize palitos, eles podem danificar seu aparelho.

5 - Usando aparelho fixo, você não deve mais utilizar os dentes da frente para cortar alimentos (maçã, cenoura, carnes, sanduiches, etc.); corte-os sempre com uma faca. Evite alimentos que contenha muita fibra (abacaxi, manga, cana de açucar e etc.), elas podem enroscar no aparelho. Pode-se fazer suco com essas frutas.

6 - Alimentos pegajosos (chiclete, balas de goma, caramelo, torrone, etc.) Ou duros (pé de moleque, rapadura, amendoim, piruá de pipoca, castanhas, nozes, côco, pistache, etc.) Podem quebrar os braquetes.

7 - É normal sentir dor nos três primeiros dias após as ativações de seu aparelho. O nível de sensibilidade à dor varia em cada paciente. Se a dor for intensa, você pode tomar um analgésico de uso rotineiro para amenizá-la.

8 - Se seu aparelho estiver machucando, compareça imediatamente ao consultório. Em emergencias não é necessário ligar nem marcar consulta. Não remova peças do aparelho por conta própria. A cera branca evita que lábios e bochechas fiquem traumatizados.

9 - A frequência nas datas marcadas para os ajustes são importantes para determinar o tempo de tratamento.

10 - Em caso de aftas provocadas pelo aparelho, sugerimos a compra da pomada “omcilon a em ora base” ou “gingilone” por ser antiinflamatórios eficientes de uso local que não queima e nem arde.


seta cosbO QUE É E PRA QUE SERVEM OS COMPONENTES DE UM APARELHO ORTODONTICO FIXO?
As peças utilizadas nos aparelhos funcionam como um conjunto para levar o dente a sua posição ideal. Na eventualidade de uma ou mais peças se soltarem não implica necessariamente na ineficácia do tratamento naquele instante.

Braquetes: São as peças coladas em cada dente para que através dos fios nivelem e desentortem os dentes. Sua ação ocorre em conjunto, portanto se algum braquete se soltar, não se preocupe, a menos que fique machucando, poderá ser recolado em sua próxima consulta.

Bandas: São anéis de aço inox, que fazem a mesma função dos braquetes, porem são utilizadas nos dentes molares.

É muito comum as pessoas pensarem que as bandas são responsáveis por “apertar” os aparelhos, mas elas servem para nivelar apenas os dentes em que são cimentadas.

As bandas podem ocasionalmente se soltarem, mas se possível devem ser mantidas até sua recimentação para que não ocorra o fechamento do espaço entre os dentes e a necessidade do uso de separadores para sua reinstalação.

Fios: Pré confeccionados em forma da arcada dental, são eles que nivelam e desentortam os dentes através da troca gradativa aumentando seu calibre. O famoso “apertar o aparelho” na linguagem popular.

Borrachinhas: São elásticos que prendem o fio aos braquetes. Podem ser escolhidas várias cores para embelezar o famoso “sorriso metálico”.

Elásticos: Utilizados nas fases intermediarias e/ou finais do tratamento, ajudam a encaixar as arcadas para uma perfeita oclusão.


COMO CUIDAR DE SEU IMPLANTE?

seta cosbORIENTAÇÕES AOS NOSSOS CLIENTES VISANDO MAIOR LONGEVIDADE DE SEU IMPLANTE DENTAL.

1 - Escove os dentes imediatamente após as refeições ou ao comer qualquer alimento. Se estiver num lugar onde seja impossível escová-los, faça um bochecho vigoroso com água. Nunca durma sem escovar os dentes e implantes.

2 - Quem possui implantes deve dar atenção especial a escovação da gengiva. Elas devem ser massageadas com uma escova de cabeça pequena e cerdas macias com calma, sem pressa, por no mínimo 5 minutos.

3 - Na escovação o importante é a escova e não a pasta de dente. A quantidade ideal de creme dental é mais ou menos o equivalente a um grão de feijão. Para não ocasionar excesso de espuma, é recomendável cuspir enxaguar a boca e a escova, e repetir o processo.

4 - Utilize o fio dental pelo menos uma vez ao dia, de preferência antes de dormir. Ele deve ser passado nos dentes e também nos implantes.

5 – Escovas interdentais são muito úteis para a higienização de seu implante. Habitue-se em utilizá-las.

6 – Evite alimentos pegajosos (chiclete, balas de goma, caramelo, torrone, etc.) eles costumam grudar nos dentes de resina. Isso não acontece em dentes de porcelana.

7 – Evite alimentos duros (pé de moleque, rapadura, amendoim, piruá de pipoca, castanhas, nozes, côco, pistache, etc.) eles podem quebrar as coroas dos implantes ou desestabilizalos.

8 - Lembre-se que a longevidade de um implante depende de sua manutenção. Portanto visitas periódicas ao dentista são necessárias para prevenção de fatores que possam causar sua perda. Esses fatores são focos de inflamação, infecção, restaurações quebradas que provocam infiltrações de bactérias, movimentações dentárias que podem provocar sobrecarga aos implantes e outros.

9 - Visitas ao dentista devem ser feitas geralmente em torno de 6 meses, porém existem casos de pessoas que devem retornar com mais freqüência, ou imediatamente no caso de uma emergência como dor e mobilidade do implante.

10 – O implante é definitivo, desde que não se desestabilize nunca mais será substituído. Já a prótese sobre o implante pode sofrer desgastes, perda da estética (mudança da cor), perda da harmonia facial e perda da retenção ao implante. Esses fatores podem determinar sua substituição.


Qualidade para nós é fundamental.

Acompanhe nossas dicas

para cuidar melhor da sua saúde bucal!

Fale Conosco


Seu contato foi enviado com sucesso! TESTE TESTE TESTE